Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Fiscalização da Antaq confirmou que Atracadouro Tedesco está 100%
Arquivo JP3.
Atracadouro recebeu licença federal pelos próximos 25 anos.

Sábado, 13/4/2019 18:35.

Após denúncia, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) fiscalizou o Atracadouro Barra Sul e conclui que aquela Instalação Portuária de Turismo cumpre integralmente a legislação e possui todas as licenças necessárias.

A fiscalização aconteceu em janeiro durante uma escala do navio Pullmantur Sovereign, mas o Atracadouro Barra Sul só recebeu cópia do Relatório de Fiscalização Portuária nesta semana.

Na fiscalização, os agentes da ANTAQ exigiram e receberam cópia da autorização da Capitania dos Portos para escalas na temporada 2018/2019; do Alvará de Licença e Localização Municipal; da Consulta à Autoridade Aduaneira; do Atestado de Vistoria do Corpo de Bombeiros e da Licença Ambiental de Operação emitida pelo IMA (ex-Fatma).

Desde que abriu as portas para a recepção de navios em Balneário Camboriú, na temporada 2017/2018, o Atracadouro Barra Sul passou por uma espécie de teste, tanto por parte das empresas de navios de cruzeiro quanto das autoridades federais.

Durante esse período todas as autorizações exigidas pelas autoridades ficaram expostas num mural no próprio Atracadouro.  

Os armadores gostaram da estrutura oferecida por Balneário Camboriú e para a temporada vindoura já estão confirmadas cerca de 40 escalas na cidade.

Quanto ao licenciamento, na última terça-feira o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas e o Diretor-Geral da ANTAQ assinaram contrato liberando o funcionamento do Atracadouro Barra Sul pelos próximos 25 anos.

Trechos do relatório de fiscalização


 

 

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Fiscalização da Antaq confirmou que Atracadouro Tedesco está 100%

Arquivo JP3.
Atracadouro recebeu licença federal pelos próximos 25 anos.
Atracadouro recebeu licença federal pelos próximos 25 anos.

Publicidade

Sábado, 13/4/2019 18:35.

Após denúncia, a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) fiscalizou o Atracadouro Barra Sul e conclui que aquela Instalação Portuária de Turismo cumpre integralmente a legislação e possui todas as licenças necessárias.

A fiscalização aconteceu em janeiro durante uma escala do navio Pullmantur Sovereign, mas o Atracadouro Barra Sul só recebeu cópia do Relatório de Fiscalização Portuária nesta semana.

Na fiscalização, os agentes da ANTAQ exigiram e receberam cópia da autorização da Capitania dos Portos para escalas na temporada 2018/2019; do Alvará de Licença e Localização Municipal; da Consulta à Autoridade Aduaneira; do Atestado de Vistoria do Corpo de Bombeiros e da Licença Ambiental de Operação emitida pelo IMA (ex-Fatma).

Desde que abriu as portas para a recepção de navios em Balneário Camboriú, na temporada 2017/2018, o Atracadouro Barra Sul passou por uma espécie de teste, tanto por parte das empresas de navios de cruzeiro quanto das autoridades federais.

Durante esse período todas as autorizações exigidas pelas autoridades ficaram expostas num mural no próprio Atracadouro.  

Os armadores gostaram da estrutura oferecida por Balneário Camboriú e para a temporada vindoura já estão confirmadas cerca de 40 escalas na cidade.

Quanto ao licenciamento, na última terça-feira o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas e o Diretor-Geral da ANTAQ assinaram contrato liberando o funcionamento do Atracadouro Barra Sul pelos próximos 25 anos.

Trechos do relatório de fiscalização


 

 

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade