Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Presença de Bolsonaro em Camboriú depende de avaliação da segurança

Presidente da República pretende vir ao Congresso dos Gideões na sexta-feira dia 3.

Sexta, 26/4/2019 10:49.
Divulgação
O presidente recebendo o convite.

Publicidade

A organização do 37º Congresso de Gideões Missionários confirmou ontem (25) que o presidente Jair Bolsonaro deverá comparecer ao evento na próxima sexta-feira (3), no Ginásio de Esportes de Camboriú. Todavia, a confirmação oficial ainda depende de uma avaliação de segurança que será feita domingo (28). Bolsonaro já havia participado do Gideões em 2018, e prometeu que se fosse eleito voltaria.

A possível vinda do presidente foi anunciada pelo pastor Hueslen Santos em um vídeo, onde contou que Bolsonaro viria acompanhado da esposa, Michele, e de comitiva. Ele será o primeiro presidente a vir ao evento, e recebeu o convite das mãos do pastor Gilmar Santos.

“Nós agradecemos a Deus pela oportunidade de realizar mais um Congresso e um fato histórico de receber o presidente da República pela primeira vez em Camboriú e no Congresso dos Gideões”, disse Hueslen na gravação.

Avaliação de segurança

No domingo, o Exército, Aeronáutica, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal vão avaliar se há condições de segurança para Bolsonaro vir ao evento.

A equipe estudará um provável trajeto: o presidente desembarcaria em Navegantes e seguiria de helicóptero até o Estádio Robertão e dali até o ginásio de esportes. Se as equipes de segurança avaliarem que há problemas e que Bolsonaro possa ficar exposto a riscos, a viagem será cancelada.

A expectativa é que o governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, acompanhe Bolsonaro, já que essa seria a primeira visita dele a Santa Catarina como presidente.

Programação

O Congresso, que é promovido pela igreja Assembleia de Deus, acontece anualmente em Camboriú e inicia neste sábado (27), seguindo até o próximo dia 6. Há pregações em dois lugares: no ginásio de esportes de Camboriú e no Pavilhão dos Gideões. Este será o primeiro congresso sob a liderança do pastor presidente Zilmar Miguel.

Milhares de congressistas virão de várias regiões do Brasil e até de outros países. Participam nomes famosos como Marco Feliciano, Abílio Santana, ngelo Galvão, Gesiel Gomes, entre outros. São mais de 120 pregadores que integram a edição de 2019, que tem o seguinte tema: ‘Gideões: Ajude-nos a salvar os que estão sentenciados à morte!’.

Alterações no trânsito

A principal alteração no trânsito de Camboriú, assim como nos anos anteriores, é o fechamento da área central da cidade para veículos. Os motoristas que chegarem ao município pela Avenida Santa Catarina deverão virar à direita na rótula, sentido ao Instituto Federal Catarinense (IFC), e seguir pela Avenida Minas Gerais. As ruas Manoel Anastácio Pereira e Pedro Saut Junior, no Centro, ficarão fechadas entre às 18h e meia-noite.

Um ponto de recepção para veículos ficará montado no entroncamento da Avenida Santa Catarina com a Rua Imbuia, no Bairro Tabuleiro. A Polícia Militar irá auxiliar no local, das 7h à meia-noite. Uma central de informações aos visitantes também será estabelecida na Praça das Figueiras.

Os moradores e comerciantes que precisam transitar nas áreas fechadas do Centro podem retirar a identificação de trânsito livre. Interessados devem procurar a Secretaria de Finanças, no prédio da prefeitura, com comprovante de residência atualizado. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
O presidente recebendo o convite.
O presidente recebendo o convite.

Presença de Bolsonaro em Camboriú depende de avaliação da segurança

Presidente da República pretende vir ao Congresso dos Gideões na sexta-feira dia 3.

Publicidade

Sexta, 26/4/2019 10:49.

A organização do 37º Congresso de Gideões Missionários confirmou ontem (25) que o presidente Jair Bolsonaro deverá comparecer ao evento na próxima sexta-feira (3), no Ginásio de Esportes de Camboriú. Todavia, a confirmação oficial ainda depende de uma avaliação de segurança que será feita domingo (28). Bolsonaro já havia participado do Gideões em 2018, e prometeu que se fosse eleito voltaria.

A possível vinda do presidente foi anunciada pelo pastor Hueslen Santos em um vídeo, onde contou que Bolsonaro viria acompanhado da esposa, Michele, e de comitiva. Ele será o primeiro presidente a vir ao evento, e recebeu o convite das mãos do pastor Gilmar Santos.

“Nós agradecemos a Deus pela oportunidade de realizar mais um Congresso e um fato histórico de receber o presidente da República pela primeira vez em Camboriú e no Congresso dos Gideões”, disse Hueslen na gravação.

Avaliação de segurança

No domingo, o Exército, Aeronáutica, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal vão avaliar se há condições de segurança para Bolsonaro vir ao evento.

A equipe estudará um provável trajeto: o presidente desembarcaria em Navegantes e seguiria de helicóptero até o Estádio Robertão e dali até o ginásio de esportes. Se as equipes de segurança avaliarem que há problemas e que Bolsonaro possa ficar exposto a riscos, a viagem será cancelada.

A expectativa é que o governador do Estado, Carlos Moisés da Silva, acompanhe Bolsonaro, já que essa seria a primeira visita dele a Santa Catarina como presidente.

Programação

O Congresso, que é promovido pela igreja Assembleia de Deus, acontece anualmente em Camboriú e inicia neste sábado (27), seguindo até o próximo dia 6. Há pregações em dois lugares: no ginásio de esportes de Camboriú e no Pavilhão dos Gideões. Este será o primeiro congresso sob a liderança do pastor presidente Zilmar Miguel.

Milhares de congressistas virão de várias regiões do Brasil e até de outros países. Participam nomes famosos como Marco Feliciano, Abílio Santana, ngelo Galvão, Gesiel Gomes, entre outros. São mais de 120 pregadores que integram a edição de 2019, que tem o seguinte tema: ‘Gideões: Ajude-nos a salvar os que estão sentenciados à morte!’.

Alterações no trânsito

A principal alteração no trânsito de Camboriú, assim como nos anos anteriores, é o fechamento da área central da cidade para veículos. Os motoristas que chegarem ao município pela Avenida Santa Catarina deverão virar à direita na rótula, sentido ao Instituto Federal Catarinense (IFC), e seguir pela Avenida Minas Gerais. As ruas Manoel Anastácio Pereira e Pedro Saut Junior, no Centro, ficarão fechadas entre às 18h e meia-noite.

Um ponto de recepção para veículos ficará montado no entroncamento da Avenida Santa Catarina com a Rua Imbuia, no Bairro Tabuleiro. A Polícia Militar irá auxiliar no local, das 7h à meia-noite. Uma central de informações aos visitantes também será estabelecida na Praça das Figueiras.

Os moradores e comerciantes que precisam transitar nas áreas fechadas do Centro podem retirar a identificação de trânsito livre. Interessados devem procurar a Secretaria de Finanças, no prédio da prefeitura, com comprovante de residência atualizado. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade