Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Guarda Ambiental de Balneário Camboriú atendeu 1,3 mil ocorrências em 2019
Divulgação/GA
Guarda ambiental auxiliando uma tartaruga que apareceu na Praia Central

Quarta, 21/8/2019 17:19.

De 1° de janeiro a 15 de agosto, 1,3 mil ocorrências foram atendidas pelo Grupo de Proteção Ambiental da Guarda Municipal. Desse número, 300 animais foram recolhidos, sendo 90 animais silvestres e 210 animais domésticos.

O trabalho de recolhimento de animais ocorre em parceria com o Conselho de Proteção Animal (Compa).

"Os animais são acolhidos e recebem tratamento veterinário se for o caso. Já os animais silvestres são soltos se tiverem condições para isso", explica a secretária de Meio Ambiente, Maria Heloísa Lenzi.

Além do recolhimento de animais e resolução de crimes ambientais, o Grupo de Proteção Ambiental atua no combate às invasões e construções irregulares, como em ambientes de preservação. Também resolvem ocorrências de desmatamento e mostram a importância do patrulhamento preventivo, combatendo as infrações no contexto ambiental.

Segundo o Comandante da Guarda Municipal, Antônio Afonso Coutinho Neto, Balneário Camboriú vem sendo muito bem fiscalizada nesse sentido.

“O resultado positivo do grupamento ambiental se dá devido aos profissionais que fazem parte, que são comprometidos e fazem com muita dedicação. Além disso, contamos com o auxílio da população, que pode denunciar pela Central 153, o que colabora ainda mais para esse resultado", afirma. 

Capivaras são comuns na região, principalmente em Itajaí

Labradora resgatada na Avenida Atlântica, pois sofria maus tratos

 

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Guarda Ambiental de Balneário Camboriú atendeu 1,3 mil ocorrências em 2019

Divulgação/GA
Guarda ambiental auxiliando uma tartaruga que apareceu na Praia Central
Guarda ambiental auxiliando uma tartaruga que apareceu na Praia Central

Publicidade

Quarta, 21/8/2019 17:19.

De 1° de janeiro a 15 de agosto, 1,3 mil ocorrências foram atendidas pelo Grupo de Proteção Ambiental da Guarda Municipal. Desse número, 300 animais foram recolhidos, sendo 90 animais silvestres e 210 animais domésticos.

O trabalho de recolhimento de animais ocorre em parceria com o Conselho de Proteção Animal (Compa).

"Os animais são acolhidos e recebem tratamento veterinário se for o caso. Já os animais silvestres são soltos se tiverem condições para isso", explica a secretária de Meio Ambiente, Maria Heloísa Lenzi.

Além do recolhimento de animais e resolução de crimes ambientais, o Grupo de Proteção Ambiental atua no combate às invasões e construções irregulares, como em ambientes de preservação. Também resolvem ocorrências de desmatamento e mostram a importância do patrulhamento preventivo, combatendo as infrações no contexto ambiental.

Segundo o Comandante da Guarda Municipal, Antônio Afonso Coutinho Neto, Balneário Camboriú vem sendo muito bem fiscalizada nesse sentido.

“O resultado positivo do grupamento ambiental se dá devido aos profissionais que fazem parte, que são comprometidos e fazem com muita dedicação. Além disso, contamos com o auxílio da população, que pode denunciar pela Central 153, o que colabora ainda mais para esse resultado", afirma. 

Capivaras são comuns na região, principalmente em Itajaí

Labradora resgatada na Avenida Atlântica, pois sofria maus tratos

 

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade