Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Temporal causou vários prejuízos na noite desta quinta-feira em Penha

Sexta, 18/1/2019 9:33.

A forte chuva que atingiu Penha na noite desta quinta-feira (17), deixou um rastro de prejuízos. Choveu na cidade o equivalente a 140mm em pouco mais de 30 minutos.

Segundo divulgado até o momento três famílias do Bairro Armação tiveram que deixar suas casas por causa de movimentação no morro que leva para a Praia Vermelha.

Segundo a coordenadora de Proteção e Defesa Civil da Prefeitura de Penha, Edinéa Corrêa, essas três famílias serão encaminhadas ao abrigo montado no Salão Paroquial da Igreja Matriz, no Centro de Penha.

“Elas serão acolhidas pela Secretária de Educação, Suseli Berenice Anacleto, e receberão kits humanitários, compostos por colchão, toalha, alimento e produtos de higiene”, disse Edinéia.

Foi disponibilizado o telefone (47) 3345-3428 para que a comunidade repasse informações sobre novos desalojados.

Outro problema identificado foi na subestação da Celesc, em Navegantes, que alimenta a energia em Penha. O sistema de energia foi danificado e a companhia está trabalhando para recompor o complexo energético da região.

Moradores estão relatando quedas de árvores e muros e deslizamento de terra em algumas regiões da cidade.

A Defesa Civil está monitorando caso a caso e prestando atendimento à medida que a população entra em contato ou conforme as equipes do Grupo de Resposta e Ação Coordenada (Grac) avançam na assistência nos bairros.

Vídeo da internet:

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Temporal causou vários prejuízos na noite desta quinta-feira em Penha

Publicidade

Sexta, 18/1/2019 9:33.

A forte chuva que atingiu Penha na noite desta quinta-feira (17), deixou um rastro de prejuízos. Choveu na cidade o equivalente a 140mm em pouco mais de 30 minutos.

Segundo divulgado até o momento três famílias do Bairro Armação tiveram que deixar suas casas por causa de movimentação no morro que leva para a Praia Vermelha.

Segundo a coordenadora de Proteção e Defesa Civil da Prefeitura de Penha, Edinéa Corrêa, essas três famílias serão encaminhadas ao abrigo montado no Salão Paroquial da Igreja Matriz, no Centro de Penha.

“Elas serão acolhidas pela Secretária de Educação, Suseli Berenice Anacleto, e receberão kits humanitários, compostos por colchão, toalha, alimento e produtos de higiene”, disse Edinéia.

Foi disponibilizado o telefone (47) 3345-3428 para que a comunidade repasse informações sobre novos desalojados.

Outro problema identificado foi na subestação da Celesc, em Navegantes, que alimenta a energia em Penha. O sistema de energia foi danificado e a companhia está trabalhando para recompor o complexo energético da região.

Moradores estão relatando quedas de árvores e muros e deslizamento de terra em algumas regiões da cidade.

A Defesa Civil está monitorando caso a caso e prestando atendimento à medida que a população entra em contato ou conforme as equipes do Grupo de Resposta e Ação Coordenada (Grac) avançam na assistência nos bairros.

Vídeo da internet:

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade