Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Veículo é foco de início de buscas nesta segunda-feira em Brumadinho
Divulgação/EBC

Segunda, 28/1/2019 10:39.

RUBENS VALENTE E CAROLINA LINHARES (FOLHAPRESS)

Os bombeiros retomaram as buscas na região do distrito do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), atingida pelo rompimento da barragem da Vale.

As buscas no Córrego se concentram num ponto onde os bombeiros acreditam estar a carcaça de um novo veículo, que pode ser um ônibus, um microônibus ou uma van. Os bombeiros usam enxadas e pás para escavar em volta do veículo e um alicate hidráulico para cortar estruturas metálicas. Eles não sabem ainda se há corpos no veículo.

Há expectativa na região sobre a chegada de israelenses que vieram dar apoio às buscas. Os 136 militares israelenses irão se concentrar em localizar vítimas, vivas ou mortas.

O comando das forças de segurança se reúne com a equipe de Israel, antes que os israelenses comecem os trabalhos.

Em pronunciamento à imprensa na manhã desta segunda (28), o governador Romeu Zema (Novo) disse que o trabalho de forças israelenses que deve começar hoje vai ajudar "em muito" a chance de encontrar sobreviventes e agilizar o processo para encontrar vítimas.

Segundo Golan, o comando israelense já pesquisou o local para traçar estratégias. Já a tropa com os 136 militares ainda se desloca por terra para Brumadinho. Eles desembarcaram no domingo (27) à noite em Belo Horizonte e estão a caminho do Córrego do Feijão, base das operações de resgate. ​

Os bombeiros já utilizam maquinário para resgatar corpos de um ônibus encontrado no fim da tarde de domingo (27).

Durante a noite, as buscas se concentraram em um ônibus e em uma casa, de onde já foram retirados três corpos.

Às 4h, os bombeiros retomaram a operação regular, em mais áreas. A lama de estende por uma área de 3,6 km² e por 10 km, de forma linear.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade


Geral

A organização estima a participação de 5 mil fiéis


Geral

 Igreja Luterana, Igreja Matriz Sta Inês, Capela Santa Catarina de Alexandria, Paróquia São Sebastião


Opinião

Por Felipe Gustavo Koch Buttelli


Cultura


Publicidade


Tecnologia

Apaixonados por computadores, videogames e afins antigos exibem suas relíquias


Publicidade

Para você euma amiga. Concorra também ao sorteio de 10 ingressos para o Magrass Day


Cidade

Foco urgente é despoluir o Canal do Marambaia, mas Hip Hop parece ser mais importante


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Veículo é foco de início de buscas nesta segunda-feira em Brumadinho

Divulgação/EBC

Publicidade

Segunda, 28/1/2019 10:39.

RUBENS VALENTE E CAROLINA LINHARES (FOLHAPRESS)

Os bombeiros retomaram as buscas na região do distrito do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), atingida pelo rompimento da barragem da Vale.

As buscas no Córrego se concentram num ponto onde os bombeiros acreditam estar a carcaça de um novo veículo, que pode ser um ônibus, um microônibus ou uma van. Os bombeiros usam enxadas e pás para escavar em volta do veículo e um alicate hidráulico para cortar estruturas metálicas. Eles não sabem ainda se há corpos no veículo.

Há expectativa na região sobre a chegada de israelenses que vieram dar apoio às buscas. Os 136 militares israelenses irão se concentrar em localizar vítimas, vivas ou mortas.

O comando das forças de segurança se reúne com a equipe de Israel, antes que os israelenses comecem os trabalhos.

Em pronunciamento à imprensa na manhã desta segunda (28), o governador Romeu Zema (Novo) disse que o trabalho de forças israelenses que deve começar hoje vai ajudar "em muito" a chance de encontrar sobreviventes e agilizar o processo para encontrar vítimas.

Segundo Golan, o comando israelense já pesquisou o local para traçar estratégias. Já a tropa com os 136 militares ainda se desloca por terra para Brumadinho. Eles desembarcaram no domingo (27) à noite em Belo Horizonte e estão a caminho do Córrego do Feijão, base das operações de resgate. ​

Os bombeiros já utilizam maquinário para resgatar corpos de um ônibus encontrado no fim da tarde de domingo (27).

Durante a noite, as buscas se concentraram em um ônibus e em uma casa, de onde já foram retirados três corpos.

Às 4h, os bombeiros retomaram a operação regular, em mais áreas. A lama de estende por uma área de 3,6 km² e por 10 km, de forma linear.

 

Publicidade

Publicidade