Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arrumação da fiação deixa a 1500 em meia pista
Divulgação/PMBC

Quinta, 16/5/2019 18:46.

A força-tarefa, criada em 2017, para organizar a fiação aérea da cidade, entrará em ação na segunda-feira (20), na Rua 1500, desde a Atlântica até a Marginal Leste.

Funcionários da Contribuição para Custeio de Serviço de Iluminação Pública (COSIP), empresas de telecomunicação e Celesc trabalharão para arrumar a fiação de telefone, internet e TV a cabo nos postes. O serviço começa às 8h e não tem hora para terminar. O trânsito ficará com uma pista interditada no trecho em que as equipes estiverem atuando.

O gestor da COSIP, Anderson dos Santos disse que as empresas devem providenciar os materiais necessários para o serviço. Ele avisa também que cabos não identificados ou fora dos padrões estabelecidos em normas da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) serão cortados caso nenhuma empresa assuma a responsabilidade sobre eles.

A força-tarefa atuou pela primeira vez no Calçadão em 2017. No ano seguinte trabalhou nas avenidas Atlântica, Brasil, Alvin Bauer e Central. O trânsito ficará com uma pista interditada no trecho em que as equipes estiverem atuando.

Informações - COSIP (47) 3361-7816

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Arrumação da fiação deixa a 1500 em meia pista

Divulgação/PMBC

Publicidade

Quinta, 16/5/2019 18:46.

A força-tarefa, criada em 2017, para organizar a fiação aérea da cidade, entrará em ação na segunda-feira (20), na Rua 1500, desde a Atlântica até a Marginal Leste.

Funcionários da Contribuição para Custeio de Serviço de Iluminação Pública (COSIP), empresas de telecomunicação e Celesc trabalharão para arrumar a fiação de telefone, internet e TV a cabo nos postes. O serviço começa às 8h e não tem hora para terminar. O trânsito ficará com uma pista interditada no trecho em que as equipes estiverem atuando.

O gestor da COSIP, Anderson dos Santos disse que as empresas devem providenciar os materiais necessários para o serviço. Ele avisa também que cabos não identificados ou fora dos padrões estabelecidos em normas da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) serão cortados caso nenhuma empresa assuma a responsabilidade sobre eles.

A força-tarefa atuou pela primeira vez no Calçadão em 2017. No ano seguinte trabalhou nas avenidas Atlântica, Brasil, Alvin Bauer e Central. O trânsito ficará com uma pista interditada no trecho em que as equipes estiverem atuando.

Informações - COSIP (47) 3361-7816

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade