Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Apae recebe doação para concluir obra do ginásio
Divulgação
Entrega da doação aconteceu quarta-feira na Apae

Segunda, 20/5/2019 12:52.

A doação de R$ 50 mil que a Apae recebeu semana passada da FG Empreendimentos e da Premier Investimentos será utilizada na complementação do ginásio de esportes da instituição. A ação integra o encerramento da campanha de vendas da construtora Você no Topo II.

A diretora da Apae, Sandra Luchtenberg disse que todos estão muito felizes e que em julho o ginásio estará pronto.

“Estamos felizes porque não é todos os dias que se ganha R$ 50 mil e estávamos precisando, porque começamos uma reforma no ginásio de esportes e tivemos uma surpresa, quando descobrimos que os banheiros estavam com sérios problemas, tivemos que consertar toda a estrutura. Então chegou em boa hora. Agradecemos a FG que doou R$ 5 mil no dia do evento e aos sócios da Premier, Gustavo Henrique Ferreira dos Santos e Filipe Pitz que nos contemplaram com R$ 50 mil”, disse a diretora.

Caderneta de Desenvolvimento da Criança

Outra conquista que a Apae está divulgando é a Caderneta de Desenvolvimento da Criança, lançada há quase um mês, que funcionará como um complemento da caderneta de saúde fornecida pelo Ministério da Saúde.

A nova caderneta estabelece os marcos de desenvolvimento para cada idade, desde o nascimento até os 36 meses

“A caderneta foi elaborada por profissionais da Apae e da secretaria da Saúde, durante dois anos e foi organizada pelo curso de Design da Univali. Foi lançada em 11 de abril e desde então estamos divulgando, porque familiares e profissionais poderão acompanhar o desenvolvimento da criança em cada mês com todos os detalhes”, disse Sandra.

A Caderneta será usada nas unidades básicas de saúde, a secretaria da Saúde está fazendo a impressão para distribuir quando a família for até a unidade de saúde fazer o acompanhamento.

Médica geneticista palestra no NAI

A médica geneticista Louise Lapagesse de Camargo Pinto, do Hospital Infantil Joana de Gusmão, estará em Balneário Camboriú no próximo dia 24, das 14h às 17h, para uma palestra no Núcleo de Atenção ao Idoso (NAI), no Bairro dos Municipios.

A especialista vem a convite da Apae para conversar com médicos e enfermeiros e todos aqueles que acompanham gestantes e crianças recém nascidas, para que observem sinais sugestivos a síndromes genéticas e assim que perceberem possam fazer os encaminhamentos para o hospital Joana de Gusmão, para fazer a avaliação genética desta criança como também o aconselhamento genético para os pais e familiares.

Segundo a diretora da Apae, Sandra Luchtenberg, a conversa será aberta para toda comunidade médica e da saúde sobre o tema genético.

Livro de Mayra

Durante esta palestra, será lançado o livro ‘Eu e minha vida com paralisia cerebral’, de Mayra Neves, que conta um pouco de sua história, de sua vida, seus pais, como ela ficou com deficiência física, paralisia cerebral e posteriormente cegueira.

“Neste livro ela fala dos sonhos que tem enquanto pessoa com deficiência no seu dia dia, é muito lindo”, disse a diretora da Apae. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Apae recebe doação para concluir obra do ginásio

Divulgação
Entrega da doação aconteceu quarta-feira na Apae
Entrega da doação aconteceu quarta-feira na Apae

Publicidade

Segunda, 20/5/2019 12:52.

A doação de R$ 50 mil que a Apae recebeu semana passada da FG Empreendimentos e da Premier Investimentos será utilizada na complementação do ginásio de esportes da instituição. A ação integra o encerramento da campanha de vendas da construtora Você no Topo II.

A diretora da Apae, Sandra Luchtenberg disse que todos estão muito felizes e que em julho o ginásio estará pronto.

“Estamos felizes porque não é todos os dias que se ganha R$ 50 mil e estávamos precisando, porque começamos uma reforma no ginásio de esportes e tivemos uma surpresa, quando descobrimos que os banheiros estavam com sérios problemas, tivemos que consertar toda a estrutura. Então chegou em boa hora. Agradecemos a FG que doou R$ 5 mil no dia do evento e aos sócios da Premier, Gustavo Henrique Ferreira dos Santos e Filipe Pitz que nos contemplaram com R$ 50 mil”, disse a diretora.

Caderneta de Desenvolvimento da Criança

Outra conquista que a Apae está divulgando é a Caderneta de Desenvolvimento da Criança, lançada há quase um mês, que funcionará como um complemento da caderneta de saúde fornecida pelo Ministério da Saúde.

A nova caderneta estabelece os marcos de desenvolvimento para cada idade, desde o nascimento até os 36 meses

“A caderneta foi elaborada por profissionais da Apae e da secretaria da Saúde, durante dois anos e foi organizada pelo curso de Design da Univali. Foi lançada em 11 de abril e desde então estamos divulgando, porque familiares e profissionais poderão acompanhar o desenvolvimento da criança em cada mês com todos os detalhes”, disse Sandra.

A Caderneta será usada nas unidades básicas de saúde, a secretaria da Saúde está fazendo a impressão para distribuir quando a família for até a unidade de saúde fazer o acompanhamento.

Médica geneticista palestra no NAI

A médica geneticista Louise Lapagesse de Camargo Pinto, do Hospital Infantil Joana de Gusmão, estará em Balneário Camboriú no próximo dia 24, das 14h às 17h, para uma palestra no Núcleo de Atenção ao Idoso (NAI), no Bairro dos Municipios.

A especialista vem a convite da Apae para conversar com médicos e enfermeiros e todos aqueles que acompanham gestantes e crianças recém nascidas, para que observem sinais sugestivos a síndromes genéticas e assim que perceberem possam fazer os encaminhamentos para o hospital Joana de Gusmão, para fazer a avaliação genética desta criança como também o aconselhamento genético para os pais e familiares.

Segundo a diretora da Apae, Sandra Luchtenberg, a conversa será aberta para toda comunidade médica e da saúde sobre o tema genético.

Livro de Mayra

Durante esta palestra, será lançado o livro ‘Eu e minha vida com paralisia cerebral’, de Mayra Neves, que conta um pouco de sua história, de sua vida, seus pais, como ela ficou com deficiência física, paralisia cerebral e posteriormente cegueira.

“Neste livro ela fala dos sonhos que tem enquanto pessoa com deficiência no seu dia dia, é muito lindo”, disse a diretora da Apae. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade