Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Suspenso leilão de terrenos na praia de Taquarinhas

Leitores lançam suspeitas sobre procedimento da Caixa

Sexta, 15/3/2019 11:14.

Publicidade

A assessoria do senador Esperidião Amin informou há pouco que o leilão dos terrenos na praia de Taquarinhas, previsto para segunda-feira, foi suspenso.

Na quarta-feira Amin se reunirá com o presidente da Caixa Econômica Federal para apresentar a ideia que que os terrenos recebidos pelo banco em pagamento de dívida, sejam transformados em parque ambiental.

SUSPEITAS

A marcação do leilão fez surgir suspeitas em redes sociais que o empréstimo da Caixa ao ao antigo dono do terreno foi uma negociata lesiva ao interesse público.

Isso porque o tomador do empréstimo estaria em sérias dificuldades financeiras quando a Caixa lhe concedeu um empréstimo milionário, aceitando como garantia um terreno sobre o qual não era e continua não sendo possível edificar.

Talvez o senador Amin pudesse, com a força do seu cargo, pedir investigações neste sentido ao Ministério Público Federal para tranquilizar os internautas preocupados com o dinheiro público.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Suspenso leilão de terrenos na praia de Taquarinhas

Leitores lançam suspeitas sobre procedimento da Caixa

Publicidade

Sexta, 15/3/2019 11:14.

A assessoria do senador Esperidião Amin informou há pouco que o leilão dos terrenos na praia de Taquarinhas, previsto para segunda-feira, foi suspenso.

Na quarta-feira Amin se reunirá com o presidente da Caixa Econômica Federal para apresentar a ideia que que os terrenos recebidos pelo banco em pagamento de dívida, sejam transformados em parque ambiental.

SUSPEITAS

A marcação do leilão fez surgir suspeitas em redes sociais que o empréstimo da Caixa ao ao antigo dono do terreno foi uma negociata lesiva ao interesse público.

Isso porque o tomador do empréstimo estaria em sérias dificuldades financeiras quando a Caixa lhe concedeu um empréstimo milionário, aceitando como garantia um terreno sobre o qual não era e continua não sendo possível edificar.

Talvez o senador Amin pudesse, com a força do seu cargo, pedir investigações neste sentido ao Ministério Público Federal para tranquilizar os internautas preocupados com o dinheiro público.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade