Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Ditadura Nunca Mais na Praça Higino Pio em Balneário Camboriú
Arquivo JP3.
Pio: suposto enforcamento com os pés no chão, a chamada suspensão parcial, rara, mas comum nas cadeias da ditadura.

Quinta, 28/3/2019 8:40.

Um grupo apartidário promoverá no próximo domingo, 31, na praça Higino Pio, o ato denominado “Ditadura Nunca Mais”, lembrando o golpe militar de 1964 e a morte do primeiro prefeito de Balneário Camboriú, Higino Pio, num quartel da Marinha em Florianópolis.

Pio, vítima de acusações falsas de dedos-duros, foi o único morto pela ditadura em solo catarinense.

A Comissão Nacional da Verdade (CNV) e a Comissão Estadual da Verdade Paulo Stuart Wright, de Santa Catarina, com base em laudos de peritos, afirmaram que ele foi assassinado num quartel.

No domingo, à partir das 17h, haverá rodas de conversa na praça, leitura de textos e a exibição do documentário “Higino Pio - Verdade Revelada”, de Robson Dias
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Economia

A queda no rendimento habitual gera um efeito negativo, em cascata, na economia.


Economia


Geral

Yoga, mantras, danças, vivências, terapias, massagem, oficinas, feirinha, almoço natural...


Economia

Secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida


Publicidade


Esportes


Publicidade

Balada acabando? Festa boa? Vá de carona consciente, vá de Garupa!


Geral

 Evento objetiva fomentar o turismo através da observação de aves


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Ditadura Nunca Mais na Praça Higino Pio em Balneário Camboriú

Arquivo JP3.
Pio: suposto enforcamento com os pés no chão, a chamada suspensão parcial, rara, mas comum nas cadeias da ditadura.
Pio: suposto enforcamento com os pés no chão, a chamada suspensão parcial, rara, mas comum nas cadeias da ditadura.

Publicidade

Quinta, 28/3/2019 8:40.

Um grupo apartidário promoverá no próximo domingo, 31, na praça Higino Pio, o ato denominado “Ditadura Nunca Mais”, lembrando o golpe militar de 1964 e a morte do primeiro prefeito de Balneário Camboriú, Higino Pio, num quartel da Marinha em Florianópolis.

Pio, vítima de acusações falsas de dedos-duros, foi o único morto pela ditadura em solo catarinense.

A Comissão Nacional da Verdade (CNV) e a Comissão Estadual da Verdade Paulo Stuart Wright, de Santa Catarina, com base em laudos de peritos, afirmaram que ele foi assassinado num quartel.

No domingo, à partir das 17h, haverá rodas de conversa na praça, leitura de textos e a exibição do documentário “Higino Pio - Verdade Revelada”, de Robson Dias
 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade