Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Deputada Paulinha é destaque na BBC Internacional

Sexta, 8/3/2019 14:47.

Nesse Dia Internacional da Mulher, a deputada Ana Paula da Silva, a Paulinha, foi um dos cinco destaques escolhidos pela BBC Internacional como mulheres que revolucionaram os padrões por conta de suas escolhas de vestimentas.

A reportagem especial retrata o quanto as mulheres foram silenciadas ao longo da história, se sujeitando a usar roupas que a sociedade impunha.

Na entrevista para a BBC, a deputada lembrou que ficou chocada com a agressividade que sofreu. “As pessoas disseram que eu era uma prostituta, que eu não podia reclamar se eu fosse estuprada”, disse.

Além de Paulinha, que viu seu macacão vermelho ser notícia no Brasil e no mundo, a BBC retrata ainda uma jornalista sul-coreana que virou manchete por apresentar o jornal usando óculos, ao invés das lentes de contato que até então utilizava.

Também foi lembrado o caso de uma cantora sudanesa, que chegou a ser condenada a 40 chibatadas por usar calça – lá isso é ‘crime. O tribunal acabou suspendendo o caso e a inocentando.

Outra situação ocorreu na Tunísia, onde 70 garotas e garotos se uniram para pedir que as meninas pudessem parar de usar um avental em cima do uniforme escolar. A peça era usada com a desculpa que o corpo das meninas ‘distraía’ seus colegas e até professores do sexo masculino.

A última história foi a de Sarah Ali, que possui descendência arabe e lutou pelo direito de usar seu véu na Dinamarca, onde isso é proibido.

A matéria completa pode ser conferida aqui (em inglês): https://www.bbc.co.uk/news/resources/idt-sh/wardrobe_of_rebellion.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Deputada Paulinha é destaque na BBC Internacional

Publicidade

Sexta, 8/3/2019 14:47.

Nesse Dia Internacional da Mulher, a deputada Ana Paula da Silva, a Paulinha, foi um dos cinco destaques escolhidos pela BBC Internacional como mulheres que revolucionaram os padrões por conta de suas escolhas de vestimentas.

A reportagem especial retrata o quanto as mulheres foram silenciadas ao longo da história, se sujeitando a usar roupas que a sociedade impunha.

Na entrevista para a BBC, a deputada lembrou que ficou chocada com a agressividade que sofreu. “As pessoas disseram que eu era uma prostituta, que eu não podia reclamar se eu fosse estuprada”, disse.

Além de Paulinha, que viu seu macacão vermelho ser notícia no Brasil e no mundo, a BBC retrata ainda uma jornalista sul-coreana que virou manchete por apresentar o jornal usando óculos, ao invés das lentes de contato que até então utilizava.

Também foi lembrado o caso de uma cantora sudanesa, que chegou a ser condenada a 40 chibatadas por usar calça – lá isso é ‘crime. O tribunal acabou suspendendo o caso e a inocentando.

Outra situação ocorreu na Tunísia, onde 70 garotas e garotos se uniram para pedir que as meninas pudessem parar de usar um avental em cima do uniforme escolar. A peça era usada com a desculpa que o corpo das meninas ‘distraía’ seus colegas e até professores do sexo masculino.

A última história foi a de Sarah Ali, que possui descendência arabe e lutou pelo direito de usar seu véu na Dinamarca, onde isso é proibido.

A matéria completa pode ser conferida aqui (em inglês): https://www.bbc.co.uk/news/resources/idt-sh/wardrobe_of_rebellion.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade