Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Instituto Rogério Rosa nasce com o objetivo de fazer bem às pessoas

Organização foi anunciada hoje em Balneário Camboriú

Terça, 26/11/2019 12:59.
Waldemar Cezar Neto
Tatiana, diretora da Embraed.

Publicidade

Foi apresentado nesta terça-feira o Instituto Rogério Rosa, uma iniciativa de cunho comunitário da Embraed Empreendimentos com atuação focada nos municípios de Camboriú e Balneário Camboriú.

O Instituto leva o nome do fundador da Embraed, Rogério Rosa, morto há seis anos, um visionário que agregou conteúdo e valor à construção civil em Balneário Camboriú, influenciando de maneira positiva todo o mercado imobiliário do litoral catarinense.

Foram os filhos de Rogério, Tatiana e Diego que anunciaram à imprensa e convidados a criação do Instituto.

O Instituto Rogério Rosa nasceu com dois projetos iniciais, um deles voltado para o público interno, o desenvolvimento pessoal dos seus cerca de mil funcionários, além dos seus familiares.

A ideia é contribuir para que essas pessoas “cresçam e se desenvolvam com atenção para sua saúde e sua capacidade de realizar projetos de vida e sonhos”.

Várias ferramentas serão usadas para buscar esses objetivos, dentre ela atividades culturais, oficinas, rodas de troca de experiências e acompanhamento especializado para elaboração dos projetos de vida.

O segundo projeto anunciado pelo Instituto Rogério Rosa é mais amplo e repercute em toda a sociedade através da criação de um comitê local do Movimento ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

O Movimento ODS, gestado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, propõe uma o cumprimento até 2030 de uma agenda global para melhorar a vidas das pessoas.

Veja as metas:

Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares

Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável

Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades

Assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos

Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas

Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos.

Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos.

Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos.

Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.

Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.

Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

Tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos.

Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade.

Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Waldemar Cezar Neto
Tatiana, diretora da Embraed.
Tatiana, diretora da Embraed.

Instituto Rogério Rosa nasce com o objetivo de fazer bem às pessoas

Organização foi anunciada hoje em Balneário Camboriú

Publicidade

Terça, 26/11/2019 12:59.

Foi apresentado nesta terça-feira o Instituto Rogério Rosa, uma iniciativa de cunho comunitário da Embraed Empreendimentos com atuação focada nos municípios de Camboriú e Balneário Camboriú.

O Instituto leva o nome do fundador da Embraed, Rogério Rosa, morto há seis anos, um visionário que agregou conteúdo e valor à construção civil em Balneário Camboriú, influenciando de maneira positiva todo o mercado imobiliário do litoral catarinense.

Foram os filhos de Rogério, Tatiana e Diego que anunciaram à imprensa e convidados a criação do Instituto.

O Instituto Rogério Rosa nasceu com dois projetos iniciais, um deles voltado para o público interno, o desenvolvimento pessoal dos seus cerca de mil funcionários, além dos seus familiares.

A ideia é contribuir para que essas pessoas “cresçam e se desenvolvam com atenção para sua saúde e sua capacidade de realizar projetos de vida e sonhos”.

Várias ferramentas serão usadas para buscar esses objetivos, dentre ela atividades culturais, oficinas, rodas de troca de experiências e acompanhamento especializado para elaboração dos projetos de vida.

O segundo projeto anunciado pelo Instituto Rogério Rosa é mais amplo e repercute em toda a sociedade através da criação de um comitê local do Movimento ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

O Movimento ODS, gestado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, propõe uma o cumprimento até 2030 de uma agenda global para melhorar a vidas das pessoas.

Veja as metas:

Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares

Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável

Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades

Assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos

Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas

Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos.

Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos.

Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos.

Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.

Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles.

Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

Tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos.

Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade.

Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade