Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Dia de Finados: cinco mil pessoas devem visitar o Cemitério de Balneário Camboriú

Haverá três celebrações no local, às 8h, 9h30 e 15h. O Crematório Vaticano também tem programação especial aberta ao público a partir das 9h30.

Quarta, 30/10/2019 16:35.
Divulgação
Projeto de como ficará o Cruzeiro que será feito ano que vem

Publicidade

A expectativa é a passagem de cinco mil pessoas, mesmo número do ano passado, pelo Cemitério Municipal da Barra, neste sábado (2), Dia de Finados. Haverá três celebrações no local, às 8h, 9h30 e 15h. O Crematório Vaticano também tem programação especial aberta ao público a partir das 9h30.

Cemitério Municipal

“Falta de vagas é algo crônico”, diz Zezé Wolff

A diretora do Patrimônio Claudineia (Zezé) da Costa Wolff explica que a falta de vagas no cemitério municipal é um problema crônico. A média de sepultamentos mensais no Cemitério Municipal de Balneário Camboriú gira entre 25 e 30. O que vem auxiliando na liberação de vagas para novos sepultamentos são as exumações. Em dois anos foram realizadas 400 e elas continuam acontecendo semanalmente.

A ideia é não ocupar o terreno do anexo 2, que possui área de 600 metros e irá receber o cemitério vertical. Serão cinco camadas que poderão abrigar até 400 sepultamentos, mas o local será em forma de ‘rodízio’ e a cada três anos os corpos ali sepultados serão exumados e colocados no Ossuário Municipal, que irá receber na próxima semana 230 placas de identificação de ossadas exumadas recentemente.

“A ideia é fazermos algo moderno e que não contamine o lençol freático. A expectativa é que no início do ano comece o processo licitatório, para construirmos o quanto antes”, salienta.

Seguindo nesse molde de oferecer ao público algo ecologicamente correto surgiu recentemente a cremação social, que é algo inédito em Santa Catarina. Famílias carentes de Balneário Camboriú podem cremar seus entes queridos através do convênio da prefeitura com o Crematório Athenas, de Itajaí.

Nas duas últimas semanas houve quatro cremações, segundo Zezé. A diretora defende que a cremação ‘é muito mais barata do que o sepultamento’, evita de ocupar espaço no Cemitério e é ecológica.

“Sabemos que há a questão religiosa que impede algumas pessoas de optar pela cremação, mas é uma boa opção para quem deseja e não conseguia pagar pelo serviço”, diz. Segundo a diretora, Balneário Camboriú já está sendo referência para outras cidades catarinenses, que entraram em contato para saber como foi o processo para oferecer o serviço ao público.

Dia de Finados

Zezé conta que a manutenção no Cemitério acontece durante todo o ano, mas especialmente para o Dia de Finados – data que o local é mais visitado, a limpeza está sendo intensificada, junto com a roçagem.

specialmente no sábado (2) o local funcionará das 7h às 19h, com a administração recebendo o público das 7h às 18h. No domingo (3) o Cemitério ficará aberto das 7h às 18h. Durante a semana o horário de funcionamento é das 7h às 17h.

“A parte administrativa não estará funcionando. Eles não vão emitir boletos e resolver outros trâmites. Os funcionários estarão lá só para dar apoio à comunidade, indicando onde ficam os túmulos, por exemplo. Muita gente visita o local, por isso os funcionários estarão lá”, acrescenta.

A expectativa é que cinco mil pessoas visitem o Cemitério Municipal, mesmo número do ano passado. Haverá banheiro químico, palco e cadeiras – pois acontecerão três cerimônias, às 8h (Igreja Universal Brasil – Projeto Anjo Consolador), 9h30 e 15h (missas de Finados organizadas pela Paróquia Nossa Senhora Aparecida, com o Padre Luiz Rebelatto).

Futuro

Para 2020, além do cemitério vertical, será colocado no local o ‘Cruzeiro’ (cruz central do cemitério), algo bastante solicitado pela comunidade. Zezé destaca que a ideia era ter feito para esse Finados, mas como a prioridade foi aumentar o número de vagas no local e conseguir lançar a cremação social isso acabou ficando para o próximo ano.

“Também vamos reformar a capela. Com o novo cruzeiro e com o vertical aí o nosso cemitério estará completo. Se comparar com a situação em que ele se encontrava há três anos com hoje a diferença é muito grande. Os 400 túmulos que estavam abandonados e foram exumados já impactaram muito visualmente. Também fizemos a drenagem em um banhado que ficava na parte de trás, além da colocação de brita e da roçagem frequente”, completa.

Crematório Vaticano

O Crematório Vaticano receberá ao público às 9h30 com um café da manhã e às 10h haverá uma homenagem aos falecidos, com celebração ecumênica, abrangendo a todos. O momento será finalizado às 11h, com revoada de pássaros e balões. Tudo gratuito e aberto à comunidade.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Projeto de como ficará o Cruzeiro que será feito ano que vem
Projeto de como ficará o Cruzeiro que será feito ano que vem

Dia de Finados: cinco mil pessoas devem visitar o Cemitério de Balneário Camboriú

Haverá três celebrações no local, às 8h, 9h30 e 15h. O Crematório Vaticano também tem programação especial aberta ao público a partir das 9h30.

Publicidade

Quarta, 30/10/2019 16:35.

A expectativa é a passagem de cinco mil pessoas, mesmo número do ano passado, pelo Cemitério Municipal da Barra, neste sábado (2), Dia de Finados. Haverá três celebrações no local, às 8h, 9h30 e 15h. O Crematório Vaticano também tem programação especial aberta ao público a partir das 9h30.

Cemitério Municipal

“Falta de vagas é algo crônico”, diz Zezé Wolff

A diretora do Patrimônio Claudineia (Zezé) da Costa Wolff explica que a falta de vagas no cemitério municipal é um problema crônico. A média de sepultamentos mensais no Cemitério Municipal de Balneário Camboriú gira entre 25 e 30. O que vem auxiliando na liberação de vagas para novos sepultamentos são as exumações. Em dois anos foram realizadas 400 e elas continuam acontecendo semanalmente.

A ideia é não ocupar o terreno do anexo 2, que possui área de 600 metros e irá receber o cemitério vertical. Serão cinco camadas que poderão abrigar até 400 sepultamentos, mas o local será em forma de ‘rodízio’ e a cada três anos os corpos ali sepultados serão exumados e colocados no Ossuário Municipal, que irá receber na próxima semana 230 placas de identificação de ossadas exumadas recentemente.

“A ideia é fazermos algo moderno e que não contamine o lençol freático. A expectativa é que no início do ano comece o processo licitatório, para construirmos o quanto antes”, salienta.

Seguindo nesse molde de oferecer ao público algo ecologicamente correto surgiu recentemente a cremação social, que é algo inédito em Santa Catarina. Famílias carentes de Balneário Camboriú podem cremar seus entes queridos através do convênio da prefeitura com o Crematório Athenas, de Itajaí.

Nas duas últimas semanas houve quatro cremações, segundo Zezé. A diretora defende que a cremação ‘é muito mais barata do que o sepultamento’, evita de ocupar espaço no Cemitério e é ecológica.

“Sabemos que há a questão religiosa que impede algumas pessoas de optar pela cremação, mas é uma boa opção para quem deseja e não conseguia pagar pelo serviço”, diz. Segundo a diretora, Balneário Camboriú já está sendo referência para outras cidades catarinenses, que entraram em contato para saber como foi o processo para oferecer o serviço ao público.

Dia de Finados

Zezé conta que a manutenção no Cemitério acontece durante todo o ano, mas especialmente para o Dia de Finados – data que o local é mais visitado, a limpeza está sendo intensificada, junto com a roçagem.

specialmente no sábado (2) o local funcionará das 7h às 19h, com a administração recebendo o público das 7h às 18h. No domingo (3) o Cemitério ficará aberto das 7h às 18h. Durante a semana o horário de funcionamento é das 7h às 17h.

“A parte administrativa não estará funcionando. Eles não vão emitir boletos e resolver outros trâmites. Os funcionários estarão lá só para dar apoio à comunidade, indicando onde ficam os túmulos, por exemplo. Muita gente visita o local, por isso os funcionários estarão lá”, acrescenta.

A expectativa é que cinco mil pessoas visitem o Cemitério Municipal, mesmo número do ano passado. Haverá banheiro químico, palco e cadeiras – pois acontecerão três cerimônias, às 8h (Igreja Universal Brasil – Projeto Anjo Consolador), 9h30 e 15h (missas de Finados organizadas pela Paróquia Nossa Senhora Aparecida, com o Padre Luiz Rebelatto).

Futuro

Para 2020, além do cemitério vertical, será colocado no local o ‘Cruzeiro’ (cruz central do cemitério), algo bastante solicitado pela comunidade. Zezé destaca que a ideia era ter feito para esse Finados, mas como a prioridade foi aumentar o número de vagas no local e conseguir lançar a cremação social isso acabou ficando para o próximo ano.

“Também vamos reformar a capela. Com o novo cruzeiro e com o vertical aí o nosso cemitério estará completo. Se comparar com a situação em que ele se encontrava há três anos com hoje a diferença é muito grande. Os 400 túmulos que estavam abandonados e foram exumados já impactaram muito visualmente. Também fizemos a drenagem em um banhado que ficava na parte de trás, além da colocação de brita e da roçagem frequente”, completa.

Crematório Vaticano

O Crematório Vaticano receberá ao público às 9h30 com um café da manhã e às 10h haverá uma homenagem aos falecidos, com celebração ecumênica, abrangendo a todos. O momento será finalizado às 11h, com revoada de pássaros e balões. Tudo gratuito e aberto à comunidade.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade