Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Rio Camboriú está em estado de alerta outra vez

Fato se repete todos os anos nesta época

Segunda, 30/9/2019 8:05.

Publicidade

O desvio de água para arrozeiras, aliado à estiagem e falta de precisão de chuvas nos próximos dias colocou Balneário Camboriú e Camboriú novamente em estado de alerta hídrico.

O diretor geral da Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa), Douglas Costa Beber disse que é preciso economizar água para não faltar.

“Na semana passada o nível estava acima da barragem mas desde ontem (29) não está mais. Continuamos em estado de alerta, porque não tem previsão de uma chuva significativa nos próximos dias”, disse.

Na semana passada, o Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram) incluiu o rio Canoas, da bacia do Rio Camboriú, entre os alertas para a estiagem.

O Canoas é sempre o primeiro a dar alerta de estiagem.

Em poucos dias a situação do rio mudou bastante, houve queda de 20 cm em poucas horas o que indica maciço desvio para lavouras.

Nesta segunda-feira técnicos da Emasa vão subir o Camboriú em busca desses desvios.

“É preciso evitar lavar carros, calçadas, esbanjar água para não faltar. Todos precisam colaborar”, pediu Douglas.



Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Rio Camboriú está em estado de alerta outra vez

Fato se repete todos os anos nesta época

Publicidade

Segunda, 30/9/2019 8:05.

O desvio de água para arrozeiras, aliado à estiagem e falta de precisão de chuvas nos próximos dias colocou Balneário Camboriú e Camboriú novamente em estado de alerta hídrico.

O diretor geral da Empresa Municipal de Água e Saneamento (Emasa), Douglas Costa Beber disse que é preciso economizar água para não faltar.

“Na semana passada o nível estava acima da barragem mas desde ontem (29) não está mais. Continuamos em estado de alerta, porque não tem previsão de uma chuva significativa nos próximos dias”, disse.

Na semana passada, o Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram) incluiu o rio Canoas, da bacia do Rio Camboriú, entre os alertas para a estiagem.

O Canoas é sempre o primeiro a dar alerta de estiagem.

Em poucos dias a situação do rio mudou bastante, houve queda de 20 cm em poucas horas o que indica maciço desvio para lavouras.

Nesta segunda-feira técnicos da Emasa vão subir o Camboriú em busca desses desvios.

“É preciso evitar lavar carros, calçadas, esbanjar água para não faltar. Todos precisam colaborar”, pediu Douglas.



Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade