Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
2 de abril: Dia Mundial de Conscientização do Autismo

“O cenário atual de isolamento social é uma ironia do destino”, diz Cátia Franzoi, da AMA Litoral

Quinta, 2/4/2020 12:41.

Publicidade

A Associação de Pais e Amigos do Autista (AMA Litoral SC), vem há 13 anos prestando atendimento especializado à comunidade de Balneário Camboriú. Atualmente está atendendo a 62 crianças e adolescentes e seus familiares com equipe clínica. Também estendeu o trabalho para a comunidade de Itapema, através da filial, onde são atendidas hoje 54 crianças e adolescentes com outra equipe de profissionais.

Cátia Franzoi (Foto Lino Franzoi)

Cátia Franzoi, mãe de um autista, uma das fundadoras da AMA Litoral, presidiu a instituição por muitos anos e hoje é coordenadora, explicou que a data é lembrada com a cor azul, porque o autismo é predominante em meninos e o quebra-cabeça que é usado para simbolizar o TEA, faz referência à complexidade do transtorno.

Cátia diz que o atual momento, de quarentena do coronavírus para quem vive o Transtorno do Espectro Autista e o "Dia Mundial da Conscientização do Autismo é uma ironia do destino.

“Hoje, dia 2 de Abril de 2020, o Brasil está sentindo na pele como é ser isolado da sociedade contra a sua vontade, mesmo que essa sensação não seja metade do que as famílias e seus filhos com autismo passam todos os dias. Por isso, nesse dia 2 de Abril, pedimos a sua empatia para conhecer um mundo mais azul, que só deseja o seu respeito e inclusão”, disse.

Cátia escreveu sobre o difícil isolamento social dos autistas e seus familiares, a parada nas atividades e o Dia Mundial. Acompanhe:

O isolamento social

“Por mais que um indivíduo com Autismo tenha como uma de suas características a dificuldade de socializar, o isolamento social nesses últimos dias se tornou algo muito maior na vida dessas pessoas e familiares. A pausa nas atividades terapêuticas, a anulação das aulas na escola, um espaço restrito, quebra de rotina e principalmente a dificuldade para conseguir as medicações. Essa é a atual realidade para quem vive com o autismo e se não bastasse, alguns não conseguem entender o motivo de tudo mudar”.

O apoio

“Para amparar todas as famílias, a Associação de Pais e Amigos dos Autistas (AMA Litoral) de Balneário Camboriú e Itapema está se mantendo de "plantão" para apoiar as crianças, jovens e adultos com TEA atendidos na instituição”.

Respeito/Inclusão

“Além disso, a AMA Litoral está nesse dia de conscientização buscando a igualdade social, o respeito, direitos e principalmente lutando por inclusão”.

Dia Azul

“Mesmo passando por um momento de maior turbulência das últimas décadas, para não dizer, um dos maiores da nossa existência, não podemos deixar passar em branco a data alusiva ao dia 2 de abril, definida como o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Uma data voltada para conscientizar a sociedade sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA) ou autismo, como é conhecido popularmente. Essa data foi definida pela Organização das Nações Unidas ONU em 2007 e é uma data importante para nós pais, profissionais, comunidade autista, pois muitas pessoas não compreendem o que é o Transtorno, sendo fundamental a propagação de informação de qualidade. Entender melhor o que é o autismo é a chave para o fim do preconceito e da discriminação que cercam as pessoas com TEA, as quais apresentam apenas uma forma diferente de agir e encarar o mundo”.

Crescimento

“De acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde, uma em cada 54 crianças possui TEA. Ainda de acordo com a Organização, tem-se observado um aumento de casos no mundo, o que pode ser explicado pelo aumento da conscientização sobre o tema e uma maior busca pelo diagnóstico. Sendo assim, o Dia Mundial de Conscientização do Autismo é também importante para que mais pessoas sejam diagnosticadas precocemente e tenham acesso a terapias, as quais podem ser decisivas para seu desenvolvimento”.

Diagnósticos

“Vale salientar que o TEA apresenta diferentes graus, sendo possível encontrar pessoas com quadros considerados leves e pessoas com quadros mais graves, as quais necessitam de cuidados especiais ao longo da vida. Infelizmente, nem todas as pessoas diagnosticadas tem acesso às informações adequadas e muito menos ao atendimento multiprofissional, que são os atendimentos voltados às dificuldades e potencialidades de cada caso”.

A sociedade

“A participação da sociedade movida pelo interesse e a compreensão a respeito do tema nos ajuda e garante mais uma vitória às pessoas com esse transtorno. Vale frisar que, apesar dos avanços nos últimos anos, temos um longo caminho a ser percorrido até que se conheça completamente o TEA e que as pessoas com esse transtorno tenham seus direitos respeitados”.


A AMA Litoral de Balneário Camboriú está em novo endereço, Rua São Paulo, n°470, Bairro dos Estados.
A filial em Itapema fica na Rua 250, n°397, Bairro Meia Praia.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

2 de abril: Dia Mundial de Conscientização do Autismo

“O cenário atual de isolamento social é uma ironia do destino”, diz Cátia Franzoi, da AMA Litoral

Publicidade

Quinta, 2/4/2020 12:41.

A Associação de Pais e Amigos do Autista (AMA Litoral SC), vem há 13 anos prestando atendimento especializado à comunidade de Balneário Camboriú. Atualmente está atendendo a 62 crianças e adolescentes e seus familiares com equipe clínica. Também estendeu o trabalho para a comunidade de Itapema, através da filial, onde são atendidas hoje 54 crianças e adolescentes com outra equipe de profissionais.

Cátia Franzoi (Foto Lino Franzoi)

Cátia Franzoi, mãe de um autista, uma das fundadoras da AMA Litoral, presidiu a instituição por muitos anos e hoje é coordenadora, explicou que a data é lembrada com a cor azul, porque o autismo é predominante em meninos e o quebra-cabeça que é usado para simbolizar o TEA, faz referência à complexidade do transtorno.

Cátia diz que o atual momento, de quarentena do coronavírus para quem vive o Transtorno do Espectro Autista e o "Dia Mundial da Conscientização do Autismo é uma ironia do destino.

“Hoje, dia 2 de Abril de 2020, o Brasil está sentindo na pele como é ser isolado da sociedade contra a sua vontade, mesmo que essa sensação não seja metade do que as famílias e seus filhos com autismo passam todos os dias. Por isso, nesse dia 2 de Abril, pedimos a sua empatia para conhecer um mundo mais azul, que só deseja o seu respeito e inclusão”, disse.

Cátia escreveu sobre o difícil isolamento social dos autistas e seus familiares, a parada nas atividades e o Dia Mundial. Acompanhe:

O isolamento social

“Por mais que um indivíduo com Autismo tenha como uma de suas características a dificuldade de socializar, o isolamento social nesses últimos dias se tornou algo muito maior na vida dessas pessoas e familiares. A pausa nas atividades terapêuticas, a anulação das aulas na escola, um espaço restrito, quebra de rotina e principalmente a dificuldade para conseguir as medicações. Essa é a atual realidade para quem vive com o autismo e se não bastasse, alguns não conseguem entender o motivo de tudo mudar”.

O apoio

“Para amparar todas as famílias, a Associação de Pais e Amigos dos Autistas (AMA Litoral) de Balneário Camboriú e Itapema está se mantendo de "plantão" para apoiar as crianças, jovens e adultos com TEA atendidos na instituição”.

Respeito/Inclusão

“Além disso, a AMA Litoral está nesse dia de conscientização buscando a igualdade social, o respeito, direitos e principalmente lutando por inclusão”.

Dia Azul

“Mesmo passando por um momento de maior turbulência das últimas décadas, para não dizer, um dos maiores da nossa existência, não podemos deixar passar em branco a data alusiva ao dia 2 de abril, definida como o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Uma data voltada para conscientizar a sociedade sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA) ou autismo, como é conhecido popularmente. Essa data foi definida pela Organização das Nações Unidas ONU em 2007 e é uma data importante para nós pais, profissionais, comunidade autista, pois muitas pessoas não compreendem o que é o Transtorno, sendo fundamental a propagação de informação de qualidade. Entender melhor o que é o autismo é a chave para o fim do preconceito e da discriminação que cercam as pessoas com TEA, as quais apresentam apenas uma forma diferente de agir e encarar o mundo”.

Crescimento

“De acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde, uma em cada 54 crianças possui TEA. Ainda de acordo com a Organização, tem-se observado um aumento de casos no mundo, o que pode ser explicado pelo aumento da conscientização sobre o tema e uma maior busca pelo diagnóstico. Sendo assim, o Dia Mundial de Conscientização do Autismo é também importante para que mais pessoas sejam diagnosticadas precocemente e tenham acesso a terapias, as quais podem ser decisivas para seu desenvolvimento”.

Diagnósticos

“Vale salientar que o TEA apresenta diferentes graus, sendo possível encontrar pessoas com quadros considerados leves e pessoas com quadros mais graves, as quais necessitam de cuidados especiais ao longo da vida. Infelizmente, nem todas as pessoas diagnosticadas tem acesso às informações adequadas e muito menos ao atendimento multiprofissional, que são os atendimentos voltados às dificuldades e potencialidades de cada caso”.

A sociedade

“A participação da sociedade movida pelo interesse e a compreensão a respeito do tema nos ajuda e garante mais uma vitória às pessoas com esse transtorno. Vale frisar que, apesar dos avanços nos últimos anos, temos um longo caminho a ser percorrido até que se conheça completamente o TEA e que as pessoas com esse transtorno tenham seus direitos respeitados”.


A AMA Litoral de Balneário Camboriú está em novo endereço, Rua São Paulo, n°470, Bairro dos Estados.
A filial em Itapema fica na Rua 250, n°397, Bairro Meia Praia.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade