Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Prefeitura quer aumentar número de beneficiários da tarifa social da Celesc

Quarta, 12/8/2020 20:56.
Divulgação

Publicidade

Mais de uma centena de famílias que integram o Cadastro Único foram beneficiadas na primeira semana com a tarifa social de energia elétrica (TSEE). A secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, em parceria com a Celesc está analisando nos grupos familiares que integram o cadastro único, para ampliar o número de beneficiários da tarifa social de energia elétrica (TSEE). O desconto varia de 10% a 65% na tarifa de energia elétrica.

Nesta primeira semana foram incluídas 69 novas famílias no programa TSEE. Outras 29 famílias já eram beneficiadas do mesmo, e mantiveram seu cadastro atualizado.

A secretária da Inclusão Social, Christina Barichello acredita que deverão acontecer média de 100 novas famílias beneficiadas por semana.

“É mais um benefício para esta população”, disse informando que a lista será atualizada semanalmente.

A secretaria está buscando novas famílias que possam ser beneficiadas. Os requisitos para a solicitação da tarifa social de energia elétrica são:

*Família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – Cadastro Único, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional;

*Idosos com 65 anos ou mais, ou pessoas com deficiência, que receberam o Beneficio de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), nos termos dos arts. 20 e 21 da Lei n° 8.742, 7 de dezembro de 1993;

*Família inscrita no Cadastro Único com renda mensal de até três salários mínimos, que tenha portador de doença ou deficiência (física, motora, auditiva, visual, intelectual e múltipla) cujo tratamento, procedimento médico ou terapêutico requeira o uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos que, para o seu funcionamento, demandam consumo de energia elétrica.

Devido a pandemia, a Celesc está fazendo inserção automática das famílias que se encaixam no perfil e tenham seu cadastro atualizado, junto ao CRAS que atende ao seu bairro. Interessados podem procurar o coordenador do Cadastro Único, Leandro Alves.

* CRAS Espaço Cidadão Rua Brusque, nº 127 - Municípios Tel.: 3368-3054 Atendimento: segunda a sexta-feira (8h às 18h)

*CRAS Construindo Cidadania Rua Maurício Venâncio Cunha, nº 201 – São Judas Tadeu Tel.: 3361-5046 Atendimento: segunda a sexta-feira (8h às 18h)

*CRAS Nação Cidadã Rua Itália, nº1059 – Nações Tel.: 3344-2559 Atendimento: segunda a sexta-feira (8h às 18h)


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

Prefeitura quer aumentar número de beneficiários da tarifa social da Celesc

Publicidade

Quarta, 12/8/2020 20:56.

Mais de uma centena de famílias que integram o Cadastro Único foram beneficiadas na primeira semana com a tarifa social de energia elétrica (TSEE). A secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, em parceria com a Celesc está analisando nos grupos familiares que integram o cadastro único, para ampliar o número de beneficiários da tarifa social de energia elétrica (TSEE). O desconto varia de 10% a 65% na tarifa de energia elétrica.

Nesta primeira semana foram incluídas 69 novas famílias no programa TSEE. Outras 29 famílias já eram beneficiadas do mesmo, e mantiveram seu cadastro atualizado.

A secretária da Inclusão Social, Christina Barichello acredita que deverão acontecer média de 100 novas famílias beneficiadas por semana.

“É mais um benefício para esta população”, disse informando que a lista será atualizada semanalmente.

A secretaria está buscando novas famílias que possam ser beneficiadas. Os requisitos para a solicitação da tarifa social de energia elétrica são:

*Família inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – Cadastro Único, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional;

*Idosos com 65 anos ou mais, ou pessoas com deficiência, que receberam o Beneficio de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC), nos termos dos arts. 20 e 21 da Lei n° 8.742, 7 de dezembro de 1993;

*Família inscrita no Cadastro Único com renda mensal de até três salários mínimos, que tenha portador de doença ou deficiência (física, motora, auditiva, visual, intelectual e múltipla) cujo tratamento, procedimento médico ou terapêutico requeira o uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos que, para o seu funcionamento, demandam consumo de energia elétrica.

Devido a pandemia, a Celesc está fazendo inserção automática das famílias que se encaixam no perfil e tenham seu cadastro atualizado, junto ao CRAS que atende ao seu bairro. Interessados podem procurar o coordenador do Cadastro Único, Leandro Alves.

* CRAS Espaço Cidadão Rua Brusque, nº 127 - Municípios Tel.: 3368-3054 Atendimento: segunda a sexta-feira (8h às 18h)

*CRAS Construindo Cidadania Rua Maurício Venâncio Cunha, nº 201 – São Judas Tadeu Tel.: 3361-5046 Atendimento: segunda a sexta-feira (8h às 18h)

*CRAS Nação Cidadã Rua Itália, nº1059 – Nações Tel.: 3344-2559 Atendimento: segunda a sexta-feira (8h às 18h)


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade