Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Balneário Camboriú terá departamento em defesa de minorias e igualdade racial

Sexta, 14/8/2020 15:50.
Divulgação

Publicidade

A Secretaria de Inclusão Social está criando o departamento de Políticas Públicas, Igualdade Racial e Minorias, que inicialmente será um ‘braço’ do Abraço à Mulher e funcionará na Casa da Mulher e do Voluntário, na Rua 2.850, no centro da cidade.

Na última semana, a secretária Christina Barichello esteve em Brasília e conseguiu junto ao governo federal, um Jeep/Renegade e seis computadores para o novo setor.

A coordenadora do departamento é Alda Dudek, que também coordena o programa Abraço à Mulher. Ela conta que o objetivo é receber denúncias de discriminação de raça, etnia, religião, gênero e homofobia – tudo o que se relacione com minorias. Ainda não foi atendido nenhum caso, pois o setor está em fase de implantação. Porém, Alda salienta que há situações acompanhadas pelo Abraço à Mulher que se enquadram também no departamento.

“Atendemos mulheres trans, profissionais do sexo, negros, e eles também podem ser incluídos nesse novo programa, que será semelhante ao Abraço. Iremos acolher as vítimas, encaminhá-las até a delegacia, podemos proporcionar atendimento psicológico, porque também é uma situação de violência. Será mais uma ferramenta para apoiar a comunidade, garantindo e reconhecendo direitos”, explica.

As denúncias podem ser feitas pelo mesmo contato do Abraço à Mulher (9.99821906) e os atendimentos acontecem na Casa da Mulher e do Voluntário.

“Utilizaremos o carro e os computadores que a secretária Christina conseguiu para as demandas do programa. O veículo para levar e buscar as vítimas, dar a assistência que precisam, e os computadores pela nossa equipe, que ainda é a mesma do Abraço. Dependendo da demanda, poderemos precisar aumentá-la. Como tudo ainda é novo, precisamos saber qual será a nossa demanda”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

Balneário Camboriú terá departamento em defesa de minorias e igualdade racial

Publicidade

Sexta, 14/8/2020 15:50.

A Secretaria de Inclusão Social está criando o departamento de Políticas Públicas, Igualdade Racial e Minorias, que inicialmente será um ‘braço’ do Abraço à Mulher e funcionará na Casa da Mulher e do Voluntário, na Rua 2.850, no centro da cidade.

Na última semana, a secretária Christina Barichello esteve em Brasília e conseguiu junto ao governo federal, um Jeep/Renegade e seis computadores para o novo setor.

A coordenadora do departamento é Alda Dudek, que também coordena o programa Abraço à Mulher. Ela conta que o objetivo é receber denúncias de discriminação de raça, etnia, religião, gênero e homofobia – tudo o que se relacione com minorias. Ainda não foi atendido nenhum caso, pois o setor está em fase de implantação. Porém, Alda salienta que há situações acompanhadas pelo Abraço à Mulher que se enquadram também no departamento.

“Atendemos mulheres trans, profissionais do sexo, negros, e eles também podem ser incluídos nesse novo programa, que será semelhante ao Abraço. Iremos acolher as vítimas, encaminhá-las até a delegacia, podemos proporcionar atendimento psicológico, porque também é uma situação de violência. Será mais uma ferramenta para apoiar a comunidade, garantindo e reconhecendo direitos”, explica.

As denúncias podem ser feitas pelo mesmo contato do Abraço à Mulher (9.99821906) e os atendimentos acontecem na Casa da Mulher e do Voluntário.

“Utilizaremos o carro e os computadores que a secretária Christina conseguiu para as demandas do programa. O veículo para levar e buscar as vítimas, dar a assistência que precisam, e os computadores pela nossa equipe, que ainda é a mesma do Abraço. Dependendo da demanda, poderemos precisar aumentá-la. Como tudo ainda é novo, precisamos saber qual será a nossa demanda”, completa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade