Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Alexandre Coelho Vieira deixa o comando da PM de Balneário e confessa surpresa

Quinta, 9/7/2020 11:54.
Divulgação
Tenente Coronel Alexandre Coelho Vieira

Publicidade

O Tenente Coronel Alexandre Coelho Vieira anunciou na manhã desta quinta-feira (9) que deixará o cargo de Comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário Camboriú no próximo dia 15. Ele estava em férias e confessou surpresa. O nome de quem o substituirá deverá ser anunciado até esta sexta-feira (10), quando sairá a Portaria.

Novo comando será anunciado em breve

O Comandante da 3ª Região de Polícia Militar (RPM) – que compreende Balneário Camboriú, Tenente Coronel Jofrey Santos da Silva, conversou com o Página 3, e informou que o nome de quem substituirá o Tenente Coronel Alexandre será anunciado ‘no tempo certo’. “Assim que a movimentação for oficializada. A Portaria oficializando o ato deve ser consolidada hoje (quinta-feira, 9), no máximo amanhã (sexta-feira, 10)”, informa.

“A notícia me pegou de surpresa”, confessou Alexandre

O Tenente Alexandre fez o anúncio de sua saída através de um texto postado em suas redes sociais. Segundo ele, a informação, que será exonerado do cargo de Comandante do 12º BPM no próximo dia 15 chegou na quarta-feira (8), através do Comando Geral da PMSC. “Chegou o dia de me despedir, de virar passado, de ficar na história do 12º BPM, de virar um quadro na galeria de Comandantes. (...) A notícia me pegou de surpresa, mas saio de cabeça erguida e da total sensação do dever cumprido”, escreveu.

Na nota, ele ainda destacou que ‘fez o que estava ao seu alcance’ para bem representar todos os que compõem o batalhão, agradecendo a todos pelo apoio e amizade, citando ainda que fizeram ‘uma Balneário Camboriú e região melhor’. “Agradeço a todas as instituições que abraçaram a causa de ‘juntos somos mais fortes’. Neste um ano e meio que permaneci a frente do comando, vivi intensamente. Errei, acertei, mas sempre tentando realizar ações para o bem de todos. Nunca lutei por um projeto meu e sim pelo nosso projeto. Minha continência a todos. Sentirei saudades”, completou.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação
Tenente Coronel Alexandre Coelho Vieira
Tenente Coronel Alexandre Coelho Vieira

Alexandre Coelho Vieira deixa o comando da PM de Balneário e confessa surpresa

Publicidade

Quinta, 9/7/2020 11:54.

O Tenente Coronel Alexandre Coelho Vieira anunciou na manhã desta quinta-feira (9) que deixará o cargo de Comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário Camboriú no próximo dia 15. Ele estava em férias e confessou surpresa. O nome de quem o substituirá deverá ser anunciado até esta sexta-feira (10), quando sairá a Portaria.

Novo comando será anunciado em breve

O Comandante da 3ª Região de Polícia Militar (RPM) – que compreende Balneário Camboriú, Tenente Coronel Jofrey Santos da Silva, conversou com o Página 3, e informou que o nome de quem substituirá o Tenente Coronel Alexandre será anunciado ‘no tempo certo’. “Assim que a movimentação for oficializada. A Portaria oficializando o ato deve ser consolidada hoje (quinta-feira, 9), no máximo amanhã (sexta-feira, 10)”, informa.

“A notícia me pegou de surpresa”, confessou Alexandre

O Tenente Alexandre fez o anúncio de sua saída através de um texto postado em suas redes sociais. Segundo ele, a informação, que será exonerado do cargo de Comandante do 12º BPM no próximo dia 15 chegou na quarta-feira (8), através do Comando Geral da PMSC. “Chegou o dia de me despedir, de virar passado, de ficar na história do 12º BPM, de virar um quadro na galeria de Comandantes. (...) A notícia me pegou de surpresa, mas saio de cabeça erguida e da total sensação do dever cumprido”, escreveu.

Na nota, ele ainda destacou que ‘fez o que estava ao seu alcance’ para bem representar todos os que compõem o batalhão, agradecendo a todos pelo apoio e amizade, citando ainda que fizeram ‘uma Balneário Camboriú e região melhor’. “Agradeço a todas as instituições que abraçaram a causa de ‘juntos somos mais fortes’. Neste um ano e meio que permaneci a frente do comando, vivi intensamente. Errei, acertei, mas sempre tentando realizar ações para o bem de todos. Nunca lutei por um projeto meu e sim pelo nosso projeto. Minha continência a todos. Sentirei saudades”, completou.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade