Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Incêndio atinge costão da Praia do Pinho, em Balneário Camboriú

Segunda, 1/6/2020 12:26.
Divulgação

Publicidade

O costão da Praia do Pinho sofreu um incêndio na madrugada desta segunda-feira (1º). Desta vez, a causa seriam fogos de artifícios, que são proibidos na localidade. O Morro da Tartaruga, que fica entre as praias Taquaras e Pinho também foi alvo de um incêndio no final de abril.

Uma moradora da localidade procurou o Página 3 para informar sobre o incêndio. No dia 23 de abril, as chamas atingiram o Morro da Tartaruga, costão entre as praias Taquaras e Pinho, mas desta vez o fogo foi mais centralizado no costão do Pinho, no acesso ao condomínio que há na localidade e muito próximo das casas.

A leitora informou que o fogo teria começado por volta da meia-noite, logo após fogos de artifício serem lançados do rancho dos pescadores, que estão na safra da tainha (que segue até o final de julho). Vale lembrar que é proibido soltar fogos de artifício na Área de Proteção Ambiental (APA) Costa Brava, na região do Interpraias, que engloba a Praia do Pinho. “Há um acesso que divide o costão da área de cima das casas e o nosso zelador tentou segurar para o fogo não subir, até os bombeiros chegarem. Porque se o fogo tivesse chegado à parte de cima, as nossas casas teriam sido atingidas. Foi uma noite de pânico até a chegada dos bombeiros. Mesmo sendo proibido soltar fogos, durante a pesca da tainha têm sido uma prática constante”, conta.

O Tenente Neto, do Corpo de Bombeiros de Balneário Camboriú, confirmou o incêndio, informando que uma equipe foi até o local e permaneceram no combate às chamas até por volta das 3h desta segunda-feira.

“Por sorte choveu depois, isso ajudou na ação contra o fogo”, disse.

A leitora acrescentou que na manhã desta segunda, foi ao local onde aconteceu o incêndio e percebeu pequenos focos de brasas, que foram apagados pelo zelador do condomínio.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Incêndio atinge costão da Praia do Pinho, em Balneário Camboriú

Publicidade

Segunda, 1/6/2020 12:26.

O costão da Praia do Pinho sofreu um incêndio na madrugada desta segunda-feira (1º). Desta vez, a causa seriam fogos de artifícios, que são proibidos na localidade. O Morro da Tartaruga, que fica entre as praias Taquaras e Pinho também foi alvo de um incêndio no final de abril.

Uma moradora da localidade procurou o Página 3 para informar sobre o incêndio. No dia 23 de abril, as chamas atingiram o Morro da Tartaruga, costão entre as praias Taquaras e Pinho, mas desta vez o fogo foi mais centralizado no costão do Pinho, no acesso ao condomínio que há na localidade e muito próximo das casas.

A leitora informou que o fogo teria começado por volta da meia-noite, logo após fogos de artifício serem lançados do rancho dos pescadores, que estão na safra da tainha (que segue até o final de julho). Vale lembrar que é proibido soltar fogos de artifício na Área de Proteção Ambiental (APA) Costa Brava, na região do Interpraias, que engloba a Praia do Pinho. “Há um acesso que divide o costão da área de cima das casas e o nosso zelador tentou segurar para o fogo não subir, até os bombeiros chegarem. Porque se o fogo tivesse chegado à parte de cima, as nossas casas teriam sido atingidas. Foi uma noite de pânico até a chegada dos bombeiros. Mesmo sendo proibido soltar fogos, durante a pesca da tainha têm sido uma prática constante”, conta.

O Tenente Neto, do Corpo de Bombeiros de Balneário Camboriú, confirmou o incêndio, informando que uma equipe foi até o local e permaneceram no combate às chamas até por volta das 3h desta segunda-feira.

“Por sorte choveu depois, isso ajudou na ação contra o fogo”, disse.

A leitora acrescentou que na manhã desta segunda, foi ao local onde aconteceu o incêndio e percebeu pequenos focos de brasas, que foram apagados pelo zelador do condomínio.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade