Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Vidas Negras Importam: ato reúne 300 pessoas em Balneário Camboriú

Segunda, 8/6/2020 10:13.
Ed Rocha Jr

Publicidade

A manifestação Vidas Negras Importam (Black Lives Matter) reuniu cerca de 300 pessoas na tarde de domingo (7) na Praça Almirante Tamandaré, em Balneário Camboriú. O ato, que foi pacífico, segundo a Polícia Militar, vem acontecendo em todo o mundo, pedindo o fim do racismo, e foi motivada pela morte de George Floyd, assassinado pelo policial Derek Chauvin, no dia 25 de maio.

No Brasil, o movimento também pede justiça por João Pedro, Kauê, Kauã e Ágatha, crianças mortas em operações policiais recentes que ocorreram no país; além do assassinato da vereadora Marielle Franco.

Segundo a PM, a manifestação aconteceu entre as 14h e 16h e reuniu cerca de 300 pessoas, de forma pacífica e ordeira. Boa parte do público utilizou roupas pretas e todos estavam com máscara, se espalhando pela praça Tamandaré com cartazes e respeitando a regra de distanciamento social em prevenção ao Coronavírus.

Os organizadores demonstraram contentamento com o movimento, que foi idealizado por grupos como Maracatu Nova-Lua, Quilombo do Morro do Boi, Afro-Cultural Renovo de Penha e Coletivo Frente Negra, já que através da manifestação novas pessoas ficaram sabendo das organizações e estão se associando, dando ainda mais força e voz a essa tão importante causa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Ed Rocha Jr

Vidas Negras Importam: ato reúne 300 pessoas em Balneário Camboriú

Publicidade

Segunda, 8/6/2020 10:13.

A manifestação Vidas Negras Importam (Black Lives Matter) reuniu cerca de 300 pessoas na tarde de domingo (7) na Praça Almirante Tamandaré, em Balneário Camboriú. O ato, que foi pacífico, segundo a Polícia Militar, vem acontecendo em todo o mundo, pedindo o fim do racismo, e foi motivada pela morte de George Floyd, assassinado pelo policial Derek Chauvin, no dia 25 de maio.

No Brasil, o movimento também pede justiça por João Pedro, Kauê, Kauã e Ágatha, crianças mortas em operações policiais recentes que ocorreram no país; além do assassinato da vereadora Marielle Franco.

Segundo a PM, a manifestação aconteceu entre as 14h e 16h e reuniu cerca de 300 pessoas, de forma pacífica e ordeira. Boa parte do público utilizou roupas pretas e todos estavam com máscara, se espalhando pela praça Tamandaré com cartazes e respeitando a regra de distanciamento social em prevenção ao Coronavírus.

Os organizadores demonstraram contentamento com o movimento, que foi idealizado por grupos como Maracatu Nova-Lua, Quilombo do Morro do Boi, Afro-Cultural Renovo de Penha e Coletivo Frente Negra, já que através da manifestação novas pessoas ficaram sabendo das organizações e estão se associando, dando ainda mais força e voz a essa tão importante causa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade