Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Sites de apostas online se beneficiaram com as regras que proibiram aglomerações

Quinta, 22/10/2020 10:12.

Publicidade

Os sites de apostas online ganharam vigor redobrado no Brasil em decorrência da pandemia, devido à proibição de aglomerações, o que levou muitas pessoas que gostam de apostar a experimentar as opções online disponíveis no mercado.

Por exemplo, os clubes de poker ficaram fechados quase seis meses, levando muitos frequentadores para as opções online e provavelmente diversos desses jogadores não retornarão ao jogos presenciais.

Os jogos e apostas online, já descobertos por milhões de brasileiros, são legalizados, seguros e confortáveis porque a pessoa não está em um ambiente público e sim em sua casa.

Nas salas de poker online, o jogador pode escolher mesas com pessoas do seu nível e com o valor que caiba no seu bolso, inclusive quantias muito baixas, em torno de R$ 1,00, para quem gosta de passar o tempo jogando cartas.

As opções de caça-níqueis são aos milhares, sem que o jogador corra o risco de um batida policial e máquinas viciadas, como pode ocorrer nas salas clandestinas que proliferam nas cidades brasileiras.

Um portal de jogos e apostas de qualidade oferece, dentre outros, caça-níqueis; baccarat; poker; roleta; bingos, loterias etc.

Também precisa facilitar o pagamento com cartão de crédito; boleto bancário; transferência bancária; aplicativos de pagamento e até bitcoins.

O Brasil ainda não tem estatística de pessoas que jogam ou apostam online; mas estudiosos do assunto garantem que somos um dos povos que mais gosta de apostar e citam um exemplo bem conhecido, a Mega Sena, que em alguns sorteios chega a atrair 20 milhões de apostadores.

“Eu jogava num casa de poker aqui na região, participava de torneios e treinava no online, mas com a pandemia eles fecharam, o que deixou minha esposa feliz porque agora jogo em casa e consigo escolher melhor o nível dos meus adversários” explicou o professor universitário Luis Pedro Sandoval Teixeira, que não pretende retornar aos jogos presenciais porque prefere continuar apostando online.

A funcionária pública aposentada Cristina Barreiros Mello, moradora de Itajaí, gosta de caça-níqueis e jogava presencialmente em locais clandestinos, mas a pandemia abriu para ela uma outra perspectiva, nas salas de jogos online que, além das “slot machines”, oferecem diversas outras formas de apostar. “Me sinto mais tranquila e segura, as máquinas são mais confiáveis, detalhou.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Sites de apostas online se beneficiaram com as regras que proibiram aglomerações

Publicidade

Quinta, 22/10/2020 10:12.

Os sites de apostas online ganharam vigor redobrado no Brasil em decorrência da pandemia, devido à proibição de aglomerações, o que levou muitas pessoas que gostam de apostar a experimentar as opções online disponíveis no mercado.

Por exemplo, os clubes de poker ficaram fechados quase seis meses, levando muitos frequentadores para as opções online e provavelmente diversos desses jogadores não retornarão ao jogos presenciais.

Os jogos e apostas online, já descobertos por milhões de brasileiros, são legalizados, seguros e confortáveis porque a pessoa não está em um ambiente público e sim em sua casa.

Nas salas de poker online, o jogador pode escolher mesas com pessoas do seu nível e com o valor que caiba no seu bolso, inclusive quantias muito baixas, em torno de R$ 1,00, para quem gosta de passar o tempo jogando cartas.

As opções de caça-níqueis são aos milhares, sem que o jogador corra o risco de um batida policial e máquinas viciadas, como pode ocorrer nas salas clandestinas que proliferam nas cidades brasileiras.

Um portal de jogos e apostas de qualidade oferece, dentre outros, caça-níqueis; baccarat; poker; roleta; bingos, loterias etc.

Também precisa facilitar o pagamento com cartão de crédito; boleto bancário; transferência bancária; aplicativos de pagamento e até bitcoins.

O Brasil ainda não tem estatística de pessoas que jogam ou apostam online; mas estudiosos do assunto garantem que somos um dos povos que mais gosta de apostar e citam um exemplo bem conhecido, a Mega Sena, que em alguns sorteios chega a atrair 20 milhões de apostadores.

“Eu jogava num casa de poker aqui na região, participava de torneios e treinava no online, mas com a pandemia eles fecharam, o que deixou minha esposa feliz porque agora jogo em casa e consigo escolher melhor o nível dos meus adversários” explicou o professor universitário Luis Pedro Sandoval Teixeira, que não pretende retornar aos jogos presenciais porque prefere continuar apostando online.

A funcionária pública aposentada Cristina Barreiros Mello, moradora de Itajaí, gosta de caça-níqueis e jogava presencialmente em locais clandestinos, mas a pandemia abriu para ela uma outra perspectiva, nas salas de jogos online que, além das “slot machines”, oferecem diversas outras formas de apostar. “Me sinto mais tranquila e segura, as máquinas são mais confiáveis, detalhou.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade