Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Detentos voltarão a receber visitas dia 20: decisão vale para Complexo da Canhanduba

Quinta, 8/10/2020 17:05.

Publicidade

A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) informou, através de nota, que as visitas presenciais nas unidades prisionais e socioeducativas serão retomadas no próximo dia 20. Familiares de presos do Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí (CPVI), que fica no Bairro Canhanduba, em Itajaí, chegaram a fazer manifestações pedindo para visitar os detentos, que por conta da pandemia de Covid-19 estavam sem visitas presenciais desde março. Vale lembrar que 505 detentos do Presídio Masculino do CPVI testaram positivo para Covid-19, ainda em julho.

A SAP relembra que as visitas presenciais estavam suspensas desde o dia 14 de março, por conta da pandemia de Covid-19, por medida de proteção aos detentos, servidores, funcionários e familiares. O secretário responsável pela pasta, Leandro Lima, afirma que o retorno é um desafio complexo para o sistema prisional.

“Mas que será vencido com o comprometimento de todos os envolvidos”, diz.

De acordo com a portaria publicada na quarta-feira (7), o detento terá direito a uma visita mensal que poderá ser presencial, com duração máxima de uma hora, ou virtual, com duração máxima de 20 minutos. A modalidade será escolhida pelo visitante previamente cadastrado.

Para que a visita presencial seja retomada e se mantenha existem alguns fatores que deverão ser observados como, por exemplo, inexistência de surto de Covid-19 na unidade, avaliação do risco potencial por região; número de casos na região onde está localizada a unidade, além de estrutura física adequada na unidade que garanta, entre outros itens, o distanciamento social de um metro e meio.

Ao ingressar na unidade, o visitante assinará um Termo Autodeclaratório, assegurando que não apresenta sintomas da doença, não faz parte do grupo de risco, além de se comprometer em informar à unidade caso apresente sintomas gripais 14 dias após a visita. Também deverá tomar todas as medidas de segurança como o uso adequado da máscara, não portar objetos ou qualquer item de gênero alimentício e cumprir as regras sanitárias estabelecidas pelos órgãos de saúde pública. O mesmo vale para os internos.

Após o término do período da visita, o local deverá ser higienizado de acordo com as normas estabelecidas. As visitas serão agendadas pelo setor social da unidade.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Detentos voltarão a receber visitas dia 20: decisão vale para Complexo da Canhanduba

Publicidade

Quinta, 8/10/2020 17:05.

A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) informou, através de nota, que as visitas presenciais nas unidades prisionais e socioeducativas serão retomadas no próximo dia 20. Familiares de presos do Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí (CPVI), que fica no Bairro Canhanduba, em Itajaí, chegaram a fazer manifestações pedindo para visitar os detentos, que por conta da pandemia de Covid-19 estavam sem visitas presenciais desde março. Vale lembrar que 505 detentos do Presídio Masculino do CPVI testaram positivo para Covid-19, ainda em julho.

A SAP relembra que as visitas presenciais estavam suspensas desde o dia 14 de março, por conta da pandemia de Covid-19, por medida de proteção aos detentos, servidores, funcionários e familiares. O secretário responsável pela pasta, Leandro Lima, afirma que o retorno é um desafio complexo para o sistema prisional.

“Mas que será vencido com o comprometimento de todos os envolvidos”, diz.

De acordo com a portaria publicada na quarta-feira (7), o detento terá direito a uma visita mensal que poderá ser presencial, com duração máxima de uma hora, ou virtual, com duração máxima de 20 minutos. A modalidade será escolhida pelo visitante previamente cadastrado.

Para que a visita presencial seja retomada e se mantenha existem alguns fatores que deverão ser observados como, por exemplo, inexistência de surto de Covid-19 na unidade, avaliação do risco potencial por região; número de casos na região onde está localizada a unidade, além de estrutura física adequada na unidade que garanta, entre outros itens, o distanciamento social de um metro e meio.

Ao ingressar na unidade, o visitante assinará um Termo Autodeclaratório, assegurando que não apresenta sintomas da doença, não faz parte do grupo de risco, além de se comprometer em informar à unidade caso apresente sintomas gripais 14 dias após a visita. Também deverá tomar todas as medidas de segurança como o uso adequado da máscara, não portar objetos ou qualquer item de gênero alimentício e cumprir as regras sanitárias estabelecidas pelos órgãos de saúde pública. O mesmo vale para os internos.

Após o término do período da visita, o local deverá ser higienizado de acordo com as normas estabelecidas. As visitas serão agendadas pelo setor social da unidade.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade