Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Vizinhança reclamou do som alto em festa de igreja

Segunda, 14/9/2020 13:35.
O encontro teve shows, pregações e carreata

Publicidade

A ‘Festa no Céu’ da Igreja Luz da Vida foi alvo de denúncias da comunidade. O evento aconteceu de sexta-feira a domingo (11 a 13) no terreno em frente a Praça das Bandeiras, e mesmo sendo principalmente na modalidade drive-in incomodou por conta do som alto.
A festividade com shows e pregações marcou as comemorações de 20 anos da Igreja Luz da Vida, localizada na Avenida do Estado.

A modalidade drive-in está liberada, mas o que incomodou os vizinhos foi o som alto – chamado de ‘perturbação de sossego alheio’ pelas forças da segurança. Além das músicas e microfone alto para que todos os fiéis ouvissem de seus carros, os motoristas também buzinavam e houve ainda show de fogos. A Guarda Municipal foi chamada por vizinhos por conta do som alto, mas mesmo assim a Festa durou todo o final de semana.

A prefeitura esteve no local, através da equipe de Fiscalização, que confirmou que o evento estava cumprindo as medidas de prevenção contra o Covid-19, sem nenhum problema que o fizesse ser encerrado – os organizadores também possuíam todos os alvarás necessários para a realização do mesmo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
O encontro teve shows, pregações e carreata
O encontro teve shows, pregações e carreata

Vizinhança reclamou do som alto em festa de igreja

Publicidade

Segunda, 14/9/2020 13:35.

A ‘Festa no Céu’ da Igreja Luz da Vida foi alvo de denúncias da comunidade. O evento aconteceu de sexta-feira a domingo (11 a 13) no terreno em frente a Praça das Bandeiras, e mesmo sendo principalmente na modalidade drive-in incomodou por conta do som alto.
A festividade com shows e pregações marcou as comemorações de 20 anos da Igreja Luz da Vida, localizada na Avenida do Estado.

A modalidade drive-in está liberada, mas o que incomodou os vizinhos foi o som alto – chamado de ‘perturbação de sossego alheio’ pelas forças da segurança. Além das músicas e microfone alto para que todos os fiéis ouvissem de seus carros, os motoristas também buzinavam e houve ainda show de fogos. A Guarda Municipal foi chamada por vizinhos por conta do som alto, mas mesmo assim a Festa durou todo o final de semana.

A prefeitura esteve no local, através da equipe de Fiscalização, que confirmou que o evento estava cumprindo as medidas de prevenção contra o Covid-19, sem nenhum problema que o fizesse ser encerrado – os organizadores também possuíam todos os alvarás necessários para a realização do mesmo.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade