Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Geral
Prevenção ao suicídio e promoção à cultura do autocuidado marcam o Setembro Amarelo

Terça, 8/9/2020 17:44.

Publicidade

Lives e ações remotas voltadas ao autocuidado, bem-estar e saúde mental da comunidade estudantil vão acontecer na programação do Setembro Amarelo, da Univali. As atividades integram a campanha nacional de prevenção ao suicídio e serão conduzidas pelo Programa Acolher e pelo Colégio de Aplicação da Univali (CAU).

O Programa Acolher foi implantado na Univali como canal de escuta qualificada, orientação e amparo aos estudantes da graduação. Desde o início da pandemia, o programa presta apoio, com o acolhimento aos universitários de forma online e o direcionamento para o serviço mais adequado. Em setembro, haverá diversas atividades especiais conduzidas pelo programa e posts com dicas, tudo no perfil do Instagram @programa_acolher_univali.

Acontecerão rodas de conversa sobre saúde mental e, nesta quinta-feira (10), às 17h30, uma live sobre prevenção ao suicídio.
No período, também iniciarão os encontros remotos dos grupos fechados online com universitários da Univali, para construção de vínculos, suporte emocional e técnicas de autocuidado, e terá uma formação online para universitários sobre o cuidado de si e do outro.

A procura para o acolhimento inicial devem ocorrer pelo e-mail [email protected], pelo Instagram, com mensagem Inbox ou pelo WhatsApp (47) 99987-6108.

Alunos do CAU e familiares

“Quando o Setembro Amarelo tem 200 dias: o impacto da pandemia na saúde mental". Este será o tema da live promovida pelo CAU Itajaí, no dia 18 de setembro, às 19h, no perfil do Instagram @cauitajaionline.

A psicóloga clínica Thaiany Domingues Matos, especializanda no Manejo Clínico de Adolescentes e Adultos com Ideação Suicida e Automutilação, será a convidada da live, com mediação da psicóloga educacional do CAU, Bruna Zarske.

O bate-papo é aberto aos interessados e a abordagem focará mais nas famílias dos jovens, sobre fatores de risco e de proteção, sinais de alerta, como ajudar e a quem recorrer diante de situações vulneráveis. Ao final do mês, em data ainda a confirmar, terá outra live, mais direcionada ao público estudantil.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Prevenção ao suicídio e promoção à cultura do autocuidado marcam o Setembro Amarelo

Publicidade

Terça, 8/9/2020 17:44.

Lives e ações remotas voltadas ao autocuidado, bem-estar e saúde mental da comunidade estudantil vão acontecer na programação do Setembro Amarelo, da Univali. As atividades integram a campanha nacional de prevenção ao suicídio e serão conduzidas pelo Programa Acolher e pelo Colégio de Aplicação da Univali (CAU).

O Programa Acolher foi implantado na Univali como canal de escuta qualificada, orientação e amparo aos estudantes da graduação. Desde o início da pandemia, o programa presta apoio, com o acolhimento aos universitários de forma online e o direcionamento para o serviço mais adequado. Em setembro, haverá diversas atividades especiais conduzidas pelo programa e posts com dicas, tudo no perfil do Instagram @programa_acolher_univali.

Acontecerão rodas de conversa sobre saúde mental e, nesta quinta-feira (10), às 17h30, uma live sobre prevenção ao suicídio.
No período, também iniciarão os encontros remotos dos grupos fechados online com universitários da Univali, para construção de vínculos, suporte emocional e técnicas de autocuidado, e terá uma formação online para universitários sobre o cuidado de si e do outro.

A procura para o acolhimento inicial devem ocorrer pelo e-mail [email protected], pelo Instagram, com mensagem Inbox ou pelo WhatsApp (47) 99987-6108.

Alunos do CAU e familiares

“Quando o Setembro Amarelo tem 200 dias: o impacto da pandemia na saúde mental". Este será o tema da live promovida pelo CAU Itajaí, no dia 18 de setembro, às 19h, no perfil do Instagram @cauitajaionline.

A psicóloga clínica Thaiany Domingues Matos, especializanda no Manejo Clínico de Adolescentes e Adultos com Ideação Suicida e Automutilação, será a convidada da live, com mediação da psicóloga educacional do CAU, Bruna Zarske.

O bate-papo é aberto aos interessados e a abordagem focará mais nas famílias dos jovens, sobre fatores de risco e de proteção, sinais de alerta, como ajudar e a quem recorrer diante de situações vulneráveis. Ao final do mês, em data ainda a confirmar, terá outra live, mais direcionada ao público estudantil.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade