- Publicidade -
20.2 C
Balneário Camboriú

Botafogo bate Confiança, se mantém em segundo e fica próximo do retorno à elite

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

O Botafogo não teve uma grande atuação na noite desta quarta-feira, mas mostrou competência de quem quer realmente conquistar o acesso ao derrotar o Confiança pelo placar de 1 a 0, no Engenhão, pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Além de seguir firme dentro do G-4, o time carioca não deixou o Coritiba disparar na liderança da competição.

Com o resultado, o Botafogo chegou ao quinto jogo sem perder na Série B e alcançou os 57 pontos, na vice-liderança. Em primeiro, o Coritiba tem 61. Do outro lado, o Confiança vê o desespero aumentar ao perder a segunda consecutiva. A equipe sergipana está na penúltima colocação, com 31 pontos. O Brusque, primeiro fora da degola, tem 38.

Esta é a quarta vez que as equipes se enfrentaram na história, e o Botafogo venceu em todas as oportunidades, além de não ter levado um gol sequer. O time alvinegro é também o melhor mandante da competição.

Sem Chay, principal destaque do time na temporada, o Botafogo não conseguiu sobressair para cima do Confiança no primeiro tempo. O time carioca fez uma partida apática e pouco ameaçou a equipe sergipana, que vem correndo sérios riscos de rebaixamento. Nem a homenagem ao zagueiro Kanu, que completou 100 jogos com a camisa alvinegra, foi suficiente para impulsionar os donos da casa.

- Publicidade -

O lance de mais perigo do Botafogo foi aos 14 minutos, quando Pedro Castro acionou Marco Antônio, que exigiu grande defesa do goleiro Rafael Santos. A chance do jogo, no entanto, foi em uma cabeçada de Hernane Brocador, após lançamento de Willians. Diego Loureiro segurou firme para assegurar o resultado.

O primeiro tempo terminou sem grandes emoções, mas com um Confiança dando tudo de si para não sofrer nas mãos do Botafogo. Na etapa complementar, o time carioca perdeu uma peça importante para o clássico diante do Vasco. Barreto levou o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão.

Os dois treinadores resolveram mexer nas equipes, mas o jogo continuou pragmático. O Confiança seguiu errando muitos passes e cometendo falhas técnicas, como no domínio de Rafael Vila, que sairia de frente para o gol. Já o Botafogo demorou, porém conseguiu enfim furar o bloqueio adversário para sair na frente do placar. Aos 29 minutos, Warley fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Diego Gonçalves empurrar.

- Publicidade -

O gol mudou o panorama da partida. O Botafogo cresceu e sobrou dentro de campo. Oyama fez Rafael Santos protagonizar um milagre para salvar o Confiança, que, em um último alento, jogou no travessão, na cobrança de falta de João Paulo. No fim, o árbitro chegou a marcar um pênalti a favor do clube carioca, mas voltou atrás após recado do VAR e encerrou o embate.

Na próxima rodada, o Confiança enfrenta o Brusque, no sábado, às 19h, no estádio Batistão, em Aracaju (SE). No domingo, às 16h, o Botafogo faz o clássico contra o Vasco, em São Januário, no Rio (RJ).

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 1 X 0 CONFIANÇA

BOTAFOGO – Diego Loureiro; Daniel Borges, Joel Carli, Kanu e Hugo; Barreto (Luís Oyama), Pedro Castro (Ricardinho) e Luiz Henrique (Diego Gonçalvez); Ronald (Warley), Rafael Navarro e Marco Antônio (Matheus Frizzo). Técnico: Enderson Moreira.

CONFIANÇA – Rafael Santos; Jonathan Bocão, Nirley, Adalberto e João Paulo; Vinícius Barba, Adriano (Rafael Vila) e Álvaro; Willians Santana (Lucas Sampaio), Hernane Brocador (Tiago Reis) e Ítalo (Neto Berola). Técnico: Luizinho Lopes.

GOL – Diego Gonçalves, aos 29 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Savio Pereira Sampaio (DF)

CARTÕES AMARELOS – Barreto e Rafael Navarro (Botafogo); Neto Berola e Rafael Santos (Confiança)

RENDA – R$ 136.505,00

PÚBLICO – 4.129 torcedores

LOCAL – Engenhão, no Rio.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -