Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Informe Empresarial
GOLF GTE: chega o primeiro híbrido da Volkswagen ao Brasil

Sexta, 29/11/2019 21:53.

Publicidade

Com desempenho de GTI e maior economia que de um Up!, o primeiro híbrido da montadora alemã no Brasil faz até 66 km/l e tem autonomia de até 900 km. Até 2023, a Volkswagen promete trazer à América Latina seis eletrificados, sendo o Golf GTE o primeiro deles. O veículo começou a ser comercializado no Brasil no dia 11 de novembro e possui somente uma opção de cor, Atlantic Blue.

O Golf GTE, possui um motor 1.4 TSI a combustão que rende 150 cv e 25,5 kgfm de torque aliado a outro elétrico de 102 cv e 35,7 kgfm — o mesmo torque do 2.0 TSI que equipa o Golf GTI, e combinados, os dois motores chegam a gerar potência de 204 cv.

O Golf GTE conta com quatro modos de condução, no e-mode, o veículo anda com o motor elétrico somente; no modo híbrido, os dois motores funcionam juntos; no modo de recarga, o motor a combustão é acionado para carregar a bateria; e no modo GTE, combina os dois motores para chegar ao máximo de seu desempenho.

O novo Golf híbrido pode ser recarregado em tomadas domésticas ou em estações públicas, de 220 Volts e leva de 2 horas a 3 horas e 45 minutos para carregar por completo.

Segundo a Volkswagen, baseando-se no preço do kWh de São Paulo. Para completar a carga do Golf GTE, é necessário gastar apenas R$ 5,18.

O Golf GTE, vem ganhando destaque no cenário automotivo brasileiro e chama a atenção tanto pelo seu design, como pela tecnologia embarcada, que vem sendo uma das prioridades da Volkswagen em seus últimos lançamentos.

Pensou em tecnologia, pensou Volkswagen Camvel. Vá até a Camvel, conheça toda a linha 0km da Volkswagen e confira as ofertas especiais para final de ano!

Avenida Marginal Leste, 3500 – Estados. Balneário Camboriú.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

GOLF GTE: chega o primeiro híbrido da Volkswagen ao Brasil

Publicidade

Sexta, 29/11/2019 21:53.

Com desempenho de GTI e maior economia que de um Up!, o primeiro híbrido da montadora alemã no Brasil faz até 66 km/l e tem autonomia de até 900 km. Até 2023, a Volkswagen promete trazer à América Latina seis eletrificados, sendo o Golf GTE o primeiro deles. O veículo começou a ser comercializado no Brasil no dia 11 de novembro e possui somente uma opção de cor, Atlantic Blue.

O Golf GTE, possui um motor 1.4 TSI a combustão que rende 150 cv e 25,5 kgfm de torque aliado a outro elétrico de 102 cv e 35,7 kgfm — o mesmo torque do 2.0 TSI que equipa o Golf GTI, e combinados, os dois motores chegam a gerar potência de 204 cv.

O Golf GTE conta com quatro modos de condução, no e-mode, o veículo anda com o motor elétrico somente; no modo híbrido, os dois motores funcionam juntos; no modo de recarga, o motor a combustão é acionado para carregar a bateria; e no modo GTE, combina os dois motores para chegar ao máximo de seu desempenho.

O novo Golf híbrido pode ser recarregado em tomadas domésticas ou em estações públicas, de 220 Volts e leva de 2 horas a 3 horas e 45 minutos para carregar por completo.

Segundo a Volkswagen, baseando-se no preço do kWh de São Paulo. Para completar a carga do Golf GTE, é necessário gastar apenas R$ 5,18.

O Golf GTE, vem ganhando destaque no cenário automotivo brasileiro e chama a atenção tanto pelo seu design, como pela tecnologia embarcada, que vem sendo uma das prioridades da Volkswagen em seus últimos lançamentos.

Pensou em tecnologia, pensou Volkswagen Camvel. Vá até a Camvel, conheça toda a linha 0km da Volkswagen e confira as ofertas especiais para final de ano!

Avenida Marginal Leste, 3500 – Estados. Balneário Camboriú.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade