- Publicidade -
- Publicidade -
21.4 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Um olhar sobre os melhores resultados do São Paulo na entressafra do Campeonato Paulista

As últimas temporadas da Série A têm sido frustrantes para o São Paulo. Historicamente, o time é uma das equipes mais bem-sucedidas do Brasil e tem uma academia famosa por produzir uma correia transportadora de talentos. De fato, jogadores como Cafu, Luis Fabiano e Alexandre Pato se formaram na academia e desfrutaram de carreiras maravilhosas na Europa, mas tiveram dificuldades nas últimas temporadas, com alguns resultados domésticos abaixo do esperado.

A última vez que o São Paulo terminou entre os quatro primeiros colocados foi em 2019, e qualquer esperança de vencer a Copa Libertadores pela quarta vez foi congelada devido aos 11º e 12º lugares nas últimas duas campanhas. No entanto, algumas novas contratações interessantes e uma boa forma na entressafra fizeram com que as probabilidades de aposta no Brasileirão passassem a ser mais favoráveis para o time de Rogério Ceni.

O lendário goleiro, agora no comando permanente do Sampa, teve uma boa participação na Copa Paulista regional, chegando às quartas de final antes da derrota nos pênaltis. Embora se tornar o rei do estado de São Paulo não seja uma conquista fácil, Ceni estará animado com as chances de sua equipe na Série A, com seus homens parecendo favoritos quando você aposta em Coritiba x São Paulo.

- Publicidade -

A questão agora é saber se Ceni fez o suficiente para melhorar o São Paulo e garantir uma classificação entre os seis primeiros colocados. Vamos relembrar seus melhores resultados na Copa Paulista e ver o que os levou às eliminatórias.

São Paulo 4 x 1 Portuguesa – Janeiro

A equipe de Ceni garantiu que começaria o ano em grande estilo após uma vitória enfática por 4 a 1 sobre o Porugesa. Charles Hembert passou as férias de verão na Escócia com o ex-colega Michael Beale, e o estilo agressivo da SPFL foi claramente imposto ao estilo de jogo do São Paulo, que goleou o Porugesa em janeiro. Dois gols de Giuliano Galoppo, incluindo um pênalti bem cobrado, foram um sinal do que estava por vir na frente do gol.

São Paulo 5 x 1 Internacional de Limeira – Fevereiro

Depois de empates consecutivos sem gols, Ceni sabia que sua equipe precisava dar à torcida do Cícero Pompeu de Toledo algo para comemorar, e foi o que fez ao golear a Internacional de Limeira, da quarta divisão. O Galoppo mais uma vez balançou as redes e, embora os visitantes parecessem ter tentado o empate, o Sampa simplesmente mostrou muita qualidade e saiu vitorioso depois que Wellington Rato e Pedrinho encontraram suas chuteiras, encerrando o jogo.

Botafogo SP 1 x 3 São Paulo – Março

Antes de ser eliminado pelo Água Santa, o São Paulo era um dos favoritos para vencer as quartas-de-final, depois de ter goleado o Botafogo em Ribeirão Preto e terminado o Grupo B com uma vitória.  Apesar de Robinho ter dado a liderança aos anfitriões em três minutos, eles não conseguiram mantê-la e, mesmo depois de chegarem ao intervalo com a vantagem, a reação parecia inevitável. Após o gol de empate de Luna, aos 15 minutos, o São Paulo não conseguiu mais se recuperar, e um pênalti de Gallopo e um bom gol de Juan Santos confirmaram a vitória da equipe de Ceni.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -