Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Entidades protestam contra a extinção da Justiça do Trabalho
Fernando Frazão/AB

Quinta, 10/1/2019 10:14.

(FOLHAPRESS) - Professores, advogados, juízes e procuradores divulgaram manifestações de protesto contra a proposta do governo Jair Bolsonaro de extinguir a Justiça do Trabalho.

O departamento de Direito do Trabalho e da Seguridade Social da Faculdade de Direito da USP disse, em nota, que a "Justiça do Trabalho, entidade que agrega uma quantidade enorme de profissionais habilitados nas questões relacionadas ao trabalho humano, é fundamental para a efetividade dos direitos trabalhistas constitucionalmente assegurados".

A AASP (Associação dos Advogados de São Paulo) afirmou que a providência é inconstitucional e que, se "fosse juridicamente factível, configuraria violência ao princípio da dignidade da pessoa humana e aos valores sociais do trabalho, cláusulas pétreas estabelecidas pela Constituição Cidadã de 1988".

No próximo dia 5 de fevereiro, será realizado em Brasília o Ato Nacional em Defesa da Justiça do Trabalho.

A mobilização é uma realização da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), em parceria com o Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho (Coleprecor), a Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) e a Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas (ABRAT). 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

 São cerca de 150 pontos em apenas 6,5 Km de praia 


Geral

Foi sugerida a possibilidade de uma comissão ou o próprio município realizar a gestão provisoriamente


Cidade

 Edifício Itajaí, na rua Max Doose


Cidade


Publicidade


Geral

Será nesta sexta-feira, dia 22, em Balneário Camboriú


Geral

 O encontro traz à cidade palestrantes renomados no país. 


Cultura

Evento será realizado a partir das 20h, com entrada e distribuição gratuita


Policia

Parte dos R$ 9,8 milhões foi recuperada. As buscas continuam em Balneário Camboriú e Itajaí


Publicidade


Política

Objetivo do vereador era tumultuar o processo


Geral

Evento é organizado pelo BC Convention e os ingressos estão à venda


Cidade

Ainda acontecerão mais quatro escalas


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Entidades protestam contra a extinção da Justiça do Trabalho

Fernando Frazão/AB
Quinta, 10/1/2019 10:14.

(FOLHAPRESS) - Professores, advogados, juízes e procuradores divulgaram manifestações de protesto contra a proposta do governo Jair Bolsonaro de extinguir a Justiça do Trabalho.

O departamento de Direito do Trabalho e da Seguridade Social da Faculdade de Direito da USP disse, em nota, que a "Justiça do Trabalho, entidade que agrega uma quantidade enorme de profissionais habilitados nas questões relacionadas ao trabalho humano, é fundamental para a efetividade dos direitos trabalhistas constitucionalmente assegurados".

A AASP (Associação dos Advogados de São Paulo) afirmou que a providência é inconstitucional e que, se "fosse juridicamente factível, configuraria violência ao princípio da dignidade da pessoa humana e aos valores sociais do trabalho, cláusulas pétreas estabelecidas pela Constituição Cidadã de 1988".

No próximo dia 5 de fevereiro, será realizado em Brasília o Ato Nacional em Defesa da Justiça do Trabalho.

A mobilização é uma realização da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), em parceria com o Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho (Coleprecor), a Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) e a Associação Brasileira de Advogados Trabalhistas (ABRAT). 

Publicidade

Publicidade