Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Meio Ambiente
Programa Se Liga na Rede flagrou mais um crime ambiental

Em 10 meses quase 100 lacres feitos em redes irregulares

Quinta, 12/12/2019 17:52.
Divulgação/Emass

Publicidade

A Empresa Municipal de Água e Esgoto (EMASA) recebeu denúncia com fotos mostrando uma mancha branca no Rio Marambaia, próximo a Rua 1201. O Programa Se Liga na Rede vistoriou um prédio na Rua 1131, onde a equipe observou que estavam mexendo com tinta e o ralo tinha sido recém lavado.

Segundo a fiscal sanitarista, Andressa Algayer ainda tinha resquícios de tinta na caixa de passagem dos ralos do pluvial.

“O que indica que a mancha pode ser proveniente dessa tinta, talvez por terem lavado objetos sujos e escoando neste ralo”, acredita.

O prédio foi intimado para apresentar justificativa do ocorrido e um relatório será encaminhado para a Secretaria do Meio Ambiente (SEMAM), por se tratar de crime ambiental.

O Programa Se Liga na Rede, responsável por verificar a situação das ligações hidrossanitárias em todos os bairros da cidade trabalha com quatro equipes, com dois integrantes cada e realiza em média de 20 a 25 vistorias por dia cada equipe, chegando no total em 80 a 100/dia. De janeiro a outubro de 2019, foram feitas 16.596‬‬ vistorias e quase 100 lacres em redes irregulares.

Informações - Emasa (47) 3261-0000


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação/Emass

Programa Se Liga na Rede flagrou mais um crime ambiental

Em 10 meses quase 100 lacres feitos em redes irregulares

Publicidade

Quinta, 12/12/2019 17:52.

A Empresa Municipal de Água e Esgoto (EMASA) recebeu denúncia com fotos mostrando uma mancha branca no Rio Marambaia, próximo a Rua 1201. O Programa Se Liga na Rede vistoriou um prédio na Rua 1131, onde a equipe observou que estavam mexendo com tinta e o ralo tinha sido recém lavado.

Segundo a fiscal sanitarista, Andressa Algayer ainda tinha resquícios de tinta na caixa de passagem dos ralos do pluvial.

“O que indica que a mancha pode ser proveniente dessa tinta, talvez por terem lavado objetos sujos e escoando neste ralo”, acredita.

O prédio foi intimado para apresentar justificativa do ocorrido e um relatório será encaminhado para a Secretaria do Meio Ambiente (SEMAM), por se tratar de crime ambiental.

O Programa Se Liga na Rede, responsável por verificar a situação das ligações hidrossanitárias em todos os bairros da cidade trabalha com quatro equipes, com dois integrantes cada e realiza em média de 20 a 25 vistorias por dia cada equipe, chegando no total em 80 a 100/dia. De janeiro a outubro de 2019, foram feitas 16.596‬‬ vistorias e quase 100 lacres em redes irregulares.

Informações - Emasa (47) 3261-0000


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade