Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Meio Ambiente
Distribuição de chás e pomadas está suspensa por conta do novo decreto do governo do Estado

Quinta, 27/8/2020 14:03.
Divulgação/Semam

Publicidade

Por causa do decreto do governo do Estado, publicado na sexta-feira (21) proibindo serviço presencial e atendimento ao público, o departamento de Fitoterapia, anexo ao Parque Ecológico, fechou a porta.

O parque está fechado há mais tempo por decretos anteriores, mas a distribuição de chás e pomadas estava acontecendo em dias e horários determinados. Porém desde segunda-feira (24), o setor também está fechado.

Os decretos acabaram criando confusão. O jornal vem recebendo muitas ligações, principalmente de idosos, acostumados a retirar seus chás no Parque. A secretária do Meio Ambiente, Maria Heloísa Furtado Lenzi explicou que depois deste decreto, todos os funcionários que tem condições de fazer home office estão em casa e aqueles que não podem, como é o caso da Fitoterapia, estão em casa à disposição, esperando nova ordem para retornar.

“Paramos segunda-feira e ontem (26) saiu novo decreto que agora os funcionários públicos podem trabalhar com 30% da capacidade, mas não liberou ainda o atendimento ao público. Por isso não temos previsão, só quando liberar o atendimento ao público outra vez. Por este motivo não estamos distribuindo os medicamentos. Precisamos ficar atentos aos decretos do governo do Estado e do município para saber quando poderemos voltar a atender público”, explicou Heloísa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação/Semam

Distribuição de chás e pomadas está suspensa por conta do novo decreto do governo do Estado

Publicidade

Quinta, 27/8/2020 14:03.

Por causa do decreto do governo do Estado, publicado na sexta-feira (21) proibindo serviço presencial e atendimento ao público, o departamento de Fitoterapia, anexo ao Parque Ecológico, fechou a porta.

O parque está fechado há mais tempo por decretos anteriores, mas a distribuição de chás e pomadas estava acontecendo em dias e horários determinados. Porém desde segunda-feira (24), o setor também está fechado.

Os decretos acabaram criando confusão. O jornal vem recebendo muitas ligações, principalmente de idosos, acostumados a retirar seus chás no Parque. A secretária do Meio Ambiente, Maria Heloísa Furtado Lenzi explicou que depois deste decreto, todos os funcionários que tem condições de fazer home office estão em casa e aqueles que não podem, como é o caso da Fitoterapia, estão em casa à disposição, esperando nova ordem para retornar.

“Paramos segunda-feira e ontem (26) saiu novo decreto que agora os funcionários públicos podem trabalhar com 30% da capacidade, mas não liberou ainda o atendimento ao público. Por isso não temos previsão, só quando liberar o atendimento ao público outra vez. Por este motivo não estamos distribuindo os medicamentos. Precisamos ficar atentos aos decretos do governo do Estado e do município para saber quando poderemos voltar a atender público”, explicou Heloísa.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade