Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Negócios
Ecofood, o aplicativo que propõe reduzir o desperdício de alimentos, chega a Balneário Camboriú

Quinta, 25/7/2019 10:44.

Publicidade

Lançado em fevereiro deste ano em Londrina, o aplicativo Ecofood procura mediar uma relação entre estabelecimentos do ramo alimentício e consumidores, a fim de viabilizar refeições excedentes, em perfeitas condições, a preços bastante atrativos. Assim, os estabelecimentos cadastrados disponibilizam os vouchers dos alimentos que seriam descartados porque não foram consumidos no dia corrente e os usuários, que pagam mais barato justamente pela boa causa, salvam a refeição no horário estipulado.

A iniciativa partiu de dois engenheiros civis, Rafael Moreno e Raphael Koyama que decidiram fundar a Ecofood, depois de observar o desperdício no restaurante e na petiscaria da família. Renunciaram às carreiras para delinear o desenvolvimento do aplicativo no final do ano passado.

“Eu sempre tive um pensamento que me fazia achar que eu ia mudar o mundo, aquele sentimento de que você pode fazer algo maior. Eu não sabia o que era, mas sabia que seria algo nesse sentido”, revela Rafael Moreno.

“Imagine uma pessoa que fez um bolo artesanal ver aquilo na bancada, sem ninguém pegar. Ela perdeu parte do tempo dela e o alimento não serviu quem ia servir”, colocou Koyama.


Em Balneário

Em apenas três meses e só em Londrina, os usuários salvaram mais de 10 mil refeições e evitaram mais de 20 mil toneladas de CO2. Há dois meses estão fazendo contatos com futuros clientes em Balneário Camboriú. Em Londrina desde fevereiro já são mais de 100 estabelecimentos parceiros, em média são vendidos 300 vouchers no dia.

Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), cerca de um terço dos alimentos produzidos no mundo é descartado anualmente. Estima-se que, apenas no Brasil, 26 milhões de toneladas sejam jogadas fora por ano – cenário ligeiramente relacionado à rigidez da legislação brasileira para a doação de refeições. Nesse sentido, além de ferir a existência de mais de 800 milhões de pessoas que, de acordo com os dados da FAO, passam fome no planeta, o desperdício de alimentos contribui com a emissão de gases de efeito estufa e despreza o investimento e a energia dos trabalhadores. Por isso, o que a Ecofood pretende é, sobretudo, incentivar o consumo consciente e sustentável para a construção de um mundo melhor.


www.ecofood.com.br Rua Flor da Primavera, 455 Colina Verde – 86050-610| Londrina, PR - Brasil

Giovana Moreira – Gerente de vendas em Balneário Camboriú (067) 99912-6595 giovana.moreira@ecofood.com.br


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3

Ecofood, o aplicativo que propõe reduzir o desperdício de alimentos, chega a Balneário Camboriú

Publicidade

Quinta, 25/7/2019 10:44.

Lançado em fevereiro deste ano em Londrina, o aplicativo Ecofood procura mediar uma relação entre estabelecimentos do ramo alimentício e consumidores, a fim de viabilizar refeições excedentes, em perfeitas condições, a preços bastante atrativos. Assim, os estabelecimentos cadastrados disponibilizam os vouchers dos alimentos que seriam descartados porque não foram consumidos no dia corrente e os usuários, que pagam mais barato justamente pela boa causa, salvam a refeição no horário estipulado.

A iniciativa partiu de dois engenheiros civis, Rafael Moreno e Raphael Koyama que decidiram fundar a Ecofood, depois de observar o desperdício no restaurante e na petiscaria da família. Renunciaram às carreiras para delinear o desenvolvimento do aplicativo no final do ano passado.

“Eu sempre tive um pensamento que me fazia achar que eu ia mudar o mundo, aquele sentimento de que você pode fazer algo maior. Eu não sabia o que era, mas sabia que seria algo nesse sentido”, revela Rafael Moreno.

“Imagine uma pessoa que fez um bolo artesanal ver aquilo na bancada, sem ninguém pegar. Ela perdeu parte do tempo dela e o alimento não serviu quem ia servir”, colocou Koyama.


Em Balneário

Em apenas três meses e só em Londrina, os usuários salvaram mais de 10 mil refeições e evitaram mais de 20 mil toneladas de CO2. Há dois meses estão fazendo contatos com futuros clientes em Balneário Camboriú. Em Londrina desde fevereiro já são mais de 100 estabelecimentos parceiros, em média são vendidos 300 vouchers no dia.

Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), cerca de um terço dos alimentos produzidos no mundo é descartado anualmente. Estima-se que, apenas no Brasil, 26 milhões de toneladas sejam jogadas fora por ano – cenário ligeiramente relacionado à rigidez da legislação brasileira para a doação de refeições. Nesse sentido, além de ferir a existência de mais de 800 milhões de pessoas que, de acordo com os dados da FAO, passam fome no planeta, o desperdício de alimentos contribui com a emissão de gases de efeito estufa e despreza o investimento e a energia dos trabalhadores. Por isso, o que a Ecofood pretende é, sobretudo, incentivar o consumo consciente e sustentável para a construção de um mundo melhor.


www.ecofood.com.br Rua Flor da Primavera, 455 Colina Verde – 86050-610| Londrina, PR - Brasil

Giovana Moreira – Gerente de vendas em Balneário Camboriú (067) 99912-6595 giovana.moreira@ecofood.com.br


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade