Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Negócios
Microsoft negocia compra do aplicativo TikTok

Sábado, 1/8/2020 7:50.

Publicidade

A Microsoft está negociando a compra das operações do aplicativo TikTok nos Estados Unidos, segundo uma reportagem da agência de notícias Bloomberg, publicada ontem. Pessoas familiarizadas com o assunto afirmam que o presidente Donald Trump vai solicitar que a empresa chinesa ByteDance, dona do TikTok, venda sua participação para que o app continue sendo autorizado a operar nos Estados Unidos.

O TikTok vem sendo constantemente criticado pelo governo americano por preocupações com segurança nacional. No início de julho, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que o país está "certamente cogitando" banir aplicativos de redes sociais chineses, como o TikTok.

A Microsoft é uma das companhias que avaliam a aquisição do aplicativo chinês. Atualmente, a principal aposta da empresa no ramo de redes sociais é o LinkedIn, com foco no mundo corporativo. A empresa, porém, não comentou o assunto.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Microsoft negocia compra do aplicativo TikTok

Publicidade

Sábado, 1/8/2020 7:50.

A Microsoft está negociando a compra das operações do aplicativo TikTok nos Estados Unidos, segundo uma reportagem da agência de notícias Bloomberg, publicada ontem. Pessoas familiarizadas com o assunto afirmam que o presidente Donald Trump vai solicitar que a empresa chinesa ByteDance, dona do TikTok, venda sua participação para que o app continue sendo autorizado a operar nos Estados Unidos.

O TikTok vem sendo constantemente criticado pelo governo americano por preocupações com segurança nacional. No início de julho, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que o país está "certamente cogitando" banir aplicativos de redes sociais chineses, como o TikTok.

A Microsoft é uma das companhias que avaliam a aquisição do aplicativo chinês. Atualmente, a principal aposta da empresa no ramo de redes sociais é o LinkedIn, com foco no mundo corporativo. A empresa, porém, não comentou o assunto.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade