Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Negócios
Construção Civil de Balneário Camboriú: mercado em expansão pós pandemia

O mercado segue em altos e baixos

Sexta, 22/5/2020 19:16.
Credito - DivulgaçãoPMBC

Publicidade

É cada dia maior a expectativa sobre o pós-pandemia do Covid-19, nem os principais analista da economia mundial, conseguem traçar um caminho sobre o futuro do estrago que o coronavírus continua causando. O mercado segue em altos e baixos. A incerteza política e econômica que o país enfrenta não tem uma luz no fim do túnel.

Em Balneário Camboriú, cidade mais verticalizada do Estado, a construção civil retornou gradativamente depois de uma parada de quase 30 dias, com boas expectativas de mercado para o pós pandemia.

“Construção civil será uma ótima opção de investimento”

Credito - Divulgação/Sinduscon

Nelson Nitz, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon)

“A construção civil teve uma parada de quase um mês e retornou devagar. Há um fato, que é a doença, mas pela experiência de longa data no ramo da construção, sabemos que o nosso trabalhador não pode ficar muito tempo sem produzir. Pedimos a Câmara do Comércio de Santa Catarina (ACIBIG) para intervir junto ao governo do Estado pelo retorno. Os empresários estão tomando todos os cuidados, medindo temperatura, usando álcool em gel, distanciamento entre trabalhadores, todos com máscaras, EPIs, não temos visto contaminações no setor. Os mais idosos estão em casa. Nossos técnicos de segurança estão redobrando o trabalho de fiscalização.

Os nossos negócios são de médio e longo prazo, não podíamos parar por mais tempo. Essa parada seria tenebrosa.

Dois meses muito difíceis. Não estamos 100%, mas estamos trabalhando.

As vendas estão difíceis, mas temos consulta. Acredito que a construção civil será uma boa opção de investimento pós pandemia e acredito que o turismo será um segmento muito valorizado, porque as pessoas não vão viajar para o exterior, então vão investir no turismo interno e nós temos importantes opções de turismo em nossa cidade e região”.


“Este é um momento de agir com cautela e planejamento”

Credito - Samuel Melim

Tatiana Rosa Cequinel, presidente da EMBRAED

“O período em que estamos vivendo é desafiador para todo o mundo. Neste momento, nós da Embraed, atuamos com positivismo para dias melhores para todos e buscamos contribuir, com o que estiver ao nosso alcance, com ações para minimizar os efeitos da Covid-19 nas cidades de Balneário Camboriú e Camboriú.

Exemplos são as atividades realizadas por meio do Instituto Rogério Rosa (@institutorogeriorosa) com o mapeamento de ações sociais, além de doações de cestas básicas e equipamentos hospitalares para instituições, como é o caso do Hospital Ruth Cardoso. Por meio de nossa equipe de especialistas e parceria com entidades, o Instituto Rogério Rosa também iniciou um trabalho que visa orientar e apoiar pequenas e médias empresas na retomada das atividades.

Todos os setores da economia passam hoje por uma situação de incertezas e este é um momento de agir com cautela, através de um bom planejamento. Seguimos normalmente o nosso cronograma de produção nas obras e nos escritórios administrativos e vendas, tomando todos os cuidados no isolamento das pessoas em faixa de risco, usando os EPIs necessários, intensificando a limpeza dos ambientes e fazendo um trabalho de conscientização através do nosso endomarketing. Também adquirimos alguns testes rápidos.

Percebemos que há um perfil de público que está optando por investir mais em imóveis diante deste cenário, pelo alto índice de valorização e por ser uma alternativa de proteção de recursos a longo prazo”


É válido reforçar que este é um novo período, de redescobertas”

Credito - Divulgação

Alcino Pasqualotto Neto, presidente da Pasqualotto&GT.

“Acreditamos que toda mudança pode ser vista de maneira otimista, pois nos ajuda a desenvolver, a criar oportunidades e a crescer ainda mais. Nós adotamos diversas medidas para garantir a segurança e bem-estar de todos, estas que vão além do que preconizam os órgãos de saúde. A nossa avaliação referente a toda esta prevenção nestes mais de 60 dias tem gerado resultados muito interessantes, pois nos mantemos no desenvolvimento de metas, atividades, e como consequência, contribuímos com a nossa parcela para a movimentação do setor e da economia. É válido reforçar que este é um novo período, de redescoberta, de novas estratégias para todos os setores em nível mundial, mas acima de tudo, de empatia. Vemos que estamos cada vez mais conectados com o próximo – ainda que em distanciamento necessário.

Na Pasqualotto&GT nós também ampliamos as iniciativas em prol do próximo, com ações sociais, de acolhimento, arrecadação, doações, série gratuita on-line com foco nas dicas de bem-estar com participação de especialistas, entre tantas outras iniciativas. No que depender de nós, este período de distanciamento social acabará trazendo ainda mais motivação. Queremos que todos se sintam bem e seguros, fazendo o melhor pelo país, pelo município, pelo próximo e pelos seus”.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Credito - DivulgaçãoPMBC

Construção Civil de Balneário Camboriú: mercado em expansão pós pandemia

O mercado segue em altos e baixos

Publicidade

Sexta, 22/5/2020 19:16.

É cada dia maior a expectativa sobre o pós-pandemia do Covid-19, nem os principais analista da economia mundial, conseguem traçar um caminho sobre o futuro do estrago que o coronavírus continua causando. O mercado segue em altos e baixos. A incerteza política e econômica que o país enfrenta não tem uma luz no fim do túnel.

Em Balneário Camboriú, cidade mais verticalizada do Estado, a construção civil retornou gradativamente depois de uma parada de quase 30 dias, com boas expectativas de mercado para o pós pandemia.

“Construção civil será uma ótima opção de investimento”

Credito - Divulgação/Sinduscon

Nelson Nitz, presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon)

“A construção civil teve uma parada de quase um mês e retornou devagar. Há um fato, que é a doença, mas pela experiência de longa data no ramo da construção, sabemos que o nosso trabalhador não pode ficar muito tempo sem produzir. Pedimos a Câmara do Comércio de Santa Catarina (ACIBIG) para intervir junto ao governo do Estado pelo retorno. Os empresários estão tomando todos os cuidados, medindo temperatura, usando álcool em gel, distanciamento entre trabalhadores, todos com máscaras, EPIs, não temos visto contaminações no setor. Os mais idosos estão em casa. Nossos técnicos de segurança estão redobrando o trabalho de fiscalização.

Os nossos negócios são de médio e longo prazo, não podíamos parar por mais tempo. Essa parada seria tenebrosa.

Dois meses muito difíceis. Não estamos 100%, mas estamos trabalhando.

As vendas estão difíceis, mas temos consulta. Acredito que a construção civil será uma boa opção de investimento pós pandemia e acredito que o turismo será um segmento muito valorizado, porque as pessoas não vão viajar para o exterior, então vão investir no turismo interno e nós temos importantes opções de turismo em nossa cidade e região”.


“Este é um momento de agir com cautela e planejamento”

Credito - Samuel Melim

Tatiana Rosa Cequinel, presidente da EMBRAED

“O período em que estamos vivendo é desafiador para todo o mundo. Neste momento, nós da Embraed, atuamos com positivismo para dias melhores para todos e buscamos contribuir, com o que estiver ao nosso alcance, com ações para minimizar os efeitos da Covid-19 nas cidades de Balneário Camboriú e Camboriú.

Exemplos são as atividades realizadas por meio do Instituto Rogério Rosa (@institutorogeriorosa) com o mapeamento de ações sociais, além de doações de cestas básicas e equipamentos hospitalares para instituições, como é o caso do Hospital Ruth Cardoso. Por meio de nossa equipe de especialistas e parceria com entidades, o Instituto Rogério Rosa também iniciou um trabalho que visa orientar e apoiar pequenas e médias empresas na retomada das atividades.

Todos os setores da economia passam hoje por uma situação de incertezas e este é um momento de agir com cautela, através de um bom planejamento. Seguimos normalmente o nosso cronograma de produção nas obras e nos escritórios administrativos e vendas, tomando todos os cuidados no isolamento das pessoas em faixa de risco, usando os EPIs necessários, intensificando a limpeza dos ambientes e fazendo um trabalho de conscientização através do nosso endomarketing. Também adquirimos alguns testes rápidos.

Percebemos que há um perfil de público que está optando por investir mais em imóveis diante deste cenário, pelo alto índice de valorização e por ser uma alternativa de proteção de recursos a longo prazo”


É válido reforçar que este é um novo período, de redescobertas”

Credito - Divulgação

Alcino Pasqualotto Neto, presidente da Pasqualotto&GT.

“Acreditamos que toda mudança pode ser vista de maneira otimista, pois nos ajuda a desenvolver, a criar oportunidades e a crescer ainda mais. Nós adotamos diversas medidas para garantir a segurança e bem-estar de todos, estas que vão além do que preconizam os órgãos de saúde. A nossa avaliação referente a toda esta prevenção nestes mais de 60 dias tem gerado resultados muito interessantes, pois nos mantemos no desenvolvimento de metas, atividades, e como consequência, contribuímos com a nossa parcela para a movimentação do setor e da economia. É válido reforçar que este é um novo período, de redescoberta, de novas estratégias para todos os setores em nível mundial, mas acima de tudo, de empatia. Vemos que estamos cada vez mais conectados com o próximo – ainda que em distanciamento necessário.

Na Pasqualotto&GT nós também ampliamos as iniciativas em prol do próximo, com ações sociais, de acolhimento, arrecadação, doações, série gratuita on-line com foco nas dicas de bem-estar com participação de especialistas, entre tantas outras iniciativas. No que depender de nós, este período de distanciamento social acabará trazendo ainda mais motivação. Queremos que todos se sintam bem e seguros, fazendo o melhor pelo país, pelo município, pelo próximo e pelos seus”.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade