Jornal Página 3

Argentino apontado como distribuidor de drogas sintéticas é preso em Balneário Camboriú

Terça, 11/2/2014 9:05.

A Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú divulgou ontem (10), a prisão de um argentino, ocorrida na tarde de sexta-feira (7), no Bairro dos Municípios. Ele está sendo investigado por integrar uma quadrilha de traficantes de Foz do Iguaçu/PR, que também atuava em Balneário.

 

Os setores de investigação das polícias dos dois Estados trocaram informações, o que possibilitou a identificação de vários integrantes da organização, incluindo Rodrigo Sebastian Triverio, 32 anos. As investigações revelaram que ele tinha papel fundamental na distribuição de drogas na região.

 

Em maio de 2013, a DIC desencadeou a operação Olho de Shivas, em alusão à droga sintética LSD, comercializada pela quadrilha. Em Balneário foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão, sendo a ação integrada com a Polícia Civil de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

 

Em Balneário Camboriú foram presas oito pessoas. Só não foram foram cumpridas: a prisão temporária de Rodrigo e a prisão preventiva de Alexandre Neves Sell, vulgo Coxa, 28 anos, que ainda está foragido.

 

Na tarde da última sexta-feira, policiais da DIC receberam informações que Rodrigo estaria nas redondezas da Quinta Avenida, no Bairro dos Municípios. Ele foi preso no momento em que solicitava os serviços de um moto-táxi. O argentino foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí.


Publicidade


Colunistas
por Fernando Baumann
por Sonia Tetto
por Saint Clair Nickelle
por Augusto Cesar Diegoli
por Marcos Vinicios Pagelkopf
por Enéas Athanázio
Cidade

PIB cresceu forte sob Pavan e Spernau e desacelerou entre 2010 e 2015


Cidade

Crise econômica impacta negativamente nas contas públicas  


Cidade

Vigoroso trabalho de recuperação está em andamento 


Policia

Soldados tiveram sete meses de aulas práticas e teóricas no 12º Batalhão


Guia Legal BC

Banda se apresenta no dia 5 de janeiro


Geral

Consórcio pode ser o fato mais relevante desde que as duas cidades se separaram 53 anos atrás 


Publicidade