Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

DIC de Balneário Camboriú divulga imagens de suposto assassino de travesti
Divulgação

Sexta, 10/8/2018 8:59.

A equipe do Setor de Homicídios da Divisão de Investigações Criminais de Balneário Camboriú divulgou um vídeo com imagens do suposto assassino da travesti Myrella, encontrada morta no dia 4 de julho, em um terreno baldio da Avenida Alvin Bauer, no Centro.

Segundo a polícia, Myrella foi encontrada com marcas no pescoço, possivelmente causadas pela alça de uma bolsa usada no estrangulamento. Desde então a polícia vem realizando diligências em busca da elucidação do crime.

Testemunhas foram ouvidas e imagens das câmeras de segurança daquela região foram analisadas.

Segundo o delegado da DIC, Vicente Soares, o suspeito é um homem vestindo casaco verde e camisa listrada, visto entrando na rua do terreno logo após a vítima e algumas horas depois, saindo do local e abaixando a cabeça quando vê a câmera de segurança.

A Polícia Civil agora busca mais informações sobre a identidade do suspeito e para isso solicita a colaboração da sociedade.

Informações devem ser repasadas pelo Disque Denúncia 181 ou pelo Whatsapp para 3398-6500. O sigilo é absoluto.

Vídeo:

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

O presidente da Caixa parece ter concordado com a necessidade de preservação


Variedades

No Sardinhas Bar e Bistrô, em Itajaí, o melhor do jazz e da música instrumental brasileira.


Cidade

Um cano rompido levava o esgoto para o pluvial


Esportes

A recordista dos 100m e 200m rasos é de Balneário Camboriú


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

DIC de Balneário Camboriú divulga imagens de suposto assassino de travesti

Divulgação
Sexta, 10/8/2018 8:59.

A equipe do Setor de Homicídios da Divisão de Investigações Criminais de Balneário Camboriú divulgou um vídeo com imagens do suposto assassino da travesti Myrella, encontrada morta no dia 4 de julho, em um terreno baldio da Avenida Alvin Bauer, no Centro.

Segundo a polícia, Myrella foi encontrada com marcas no pescoço, possivelmente causadas pela alça de uma bolsa usada no estrangulamento. Desde então a polícia vem realizando diligências em busca da elucidação do crime.

Testemunhas foram ouvidas e imagens das câmeras de segurança daquela região foram analisadas.

Segundo o delegado da DIC, Vicente Soares, o suspeito é um homem vestindo casaco verde e camisa listrada, visto entrando na rua do terreno logo após a vítima e algumas horas depois, saindo do local e abaixando a cabeça quando vê a câmera de segurança.

A Polícia Civil agora busca mais informações sobre a identidade do suspeito e para isso solicita a colaboração da sociedade.

Informações devem ser repasadas pelo Disque Denúncia 181 ou pelo Whatsapp para 3398-6500. O sigilo é absoluto.

Vídeo:

Publicidade

Publicidade