Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Polícia apreende meia tonelada de cocaína em helicóptero em SP
Arquivo JP3.

Sábado, 13/4/2019 17:52.

A Polícia Federal apreendeu meia tonelada de cocaína em um helicóptero na manhã deste sábado (13), em Presidente Prudente, interior de São Paulo. Segundo a polícia, uma organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a transportava para o estado de São Paulo.

A ação faz parte da operação Flying Low -o nome, que significa "voando baixo", foi dado devido ao tipo de deslocamento aéreo feito para transportar as drogas-, que apreendeu ainda arma, veículos e dinheiro em espécie. As investigações sobre o grupo de traficantes duraram aproximadamente um ano.

Como o helicóptero, avaliado em R$ 4 milhões, não tinha autonomia para completar o trajeto do Paraguai até o destino final, fazia uma parada para abastecer num matagal na região de Presidente Prudente. Ali, duas pessoas foram presas neste sábado -as ações continuam no local.

A operação contou com 20 policiais federais e teve apoio aéreo do Caop (Comando de Aviação Operacional da PF) e da Polícia Militar. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Exemplo de desrespeito com o dinheiro público espera por climatização, elevadores e divisórias.


Geral

A campanha ReciclaBC da Ambiental e Prefeitura de Balneário faz alertas frequentes para o descarte correto


Geral

Areia do fundo do mar não é esgoto 


Cidade

 Governo do município não tem foco claro sobre o problema


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Polícia apreende meia tonelada de cocaína em helicóptero em SP

Arquivo JP3.

Publicidade

Sábado, 13/4/2019 17:52.

A Polícia Federal apreendeu meia tonelada de cocaína em um helicóptero na manhã deste sábado (13), em Presidente Prudente, interior de São Paulo. Segundo a polícia, uma organização criminosa buscava a droga no Paraguai e a transportava para o estado de São Paulo.

A ação faz parte da operação Flying Low -o nome, que significa "voando baixo", foi dado devido ao tipo de deslocamento aéreo feito para transportar as drogas-, que apreendeu ainda arma, veículos e dinheiro em espécie. As investigações sobre o grupo de traficantes duraram aproximadamente um ano.

Como o helicóptero, avaliado em R$ 4 milhões, não tinha autonomia para completar o trajeto do Paraguai até o destino final, fazia uma parada para abastecer num matagal na região de Presidente Prudente. Ali, duas pessoas foram presas neste sábado -as ações continuam no local.

A operação contou com 20 policiais federais e teve apoio aéreo do Caop (Comando de Aviação Operacional da PF) e da Polícia Militar. 

Publicidade

Publicidade