Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Torcedores do Figueirense imitam avião para provocar Chapecoense
Arquivo JP3.

Segunda, 15/4/2019 5:41.

Dois torcedores do Figueirense imitaram aviões em alusão ao acidente aéreo que matou 71 pessoas, a maioria da delegação da Chapecoense, em 2016. O gesto foi feito após a vitória da equipe de Chapecó por 1 a 0, neste domingo (14), na semifinal do Campeonato Catarinense.

Após o fim do jogo na Arena Condá, torcedores da Chape provocavam os rivais com gritos de "Série B" quando um torcedor do Figueirense fez o gesto de um avião caindo, enquanto outro abriu os braços e imitou um avião.

A cena foi gravada pelos torcedores da Chapecoense e publicada nas redes sociais.

Em nota, o Figueirense repudiou o gesto e afirmou que os torcedores serão banidos do quadro social do clube. "O clube ratifica que atitudes como essa são isoladas e não representam, em nada, o reconhecido padrão da gigante torcida do Furacão. Dentro da esfera administrativa, os participantes, após a identificação, serão banidos do quadro social, caso sejam membros, e também de qualquer ação e local vinculados ao Alvinegro", diz o comunicado.

Esta não é a primeira vez que torcedores usam a tragédia da Chapecoense como forma de provocação. Em 2018, torcedores do Nacional, do Uruguai, imitaram um avião durante jogo contra a equipe catarinense na Copa Libertadores.

Já em 2017, torcedores do Porto, de Portugal, provocaram o rival Benfica, durante jogo do Campeonato Português de handebol, com o canto: "Quem me dera se o avião da Chapecoense fosse do Benfica".

Na mesma época, a Chape foi provocada durante jogo contra o Criciúma, pelo Campeonato Catarinense. A torcida cantou: "ão, ão, ão, abastece o avião". 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Economia

A queda no rendimento habitual gera um efeito negativo, em cascata, na economia.


Economia


Geral

Yoga, mantras, danças, vivências, terapias, massagem, oficinas, feirinha, almoço natural...


Economia

Secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida


Publicidade


Esportes


Publicidade

Balada acabando? Festa boa? Vá de carona consciente, vá de Garupa!


Geral

 Evento objetiva fomentar o turismo através da observação de aves


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Torcedores do Figueirense imitam avião para provocar Chapecoense

Arquivo JP3.

Publicidade

Segunda, 15/4/2019 5:41.

Dois torcedores do Figueirense imitaram aviões em alusão ao acidente aéreo que matou 71 pessoas, a maioria da delegação da Chapecoense, em 2016. O gesto foi feito após a vitória da equipe de Chapecó por 1 a 0, neste domingo (14), na semifinal do Campeonato Catarinense.

Após o fim do jogo na Arena Condá, torcedores da Chape provocavam os rivais com gritos de "Série B" quando um torcedor do Figueirense fez o gesto de um avião caindo, enquanto outro abriu os braços e imitou um avião.

A cena foi gravada pelos torcedores da Chapecoense e publicada nas redes sociais.

Em nota, o Figueirense repudiou o gesto e afirmou que os torcedores serão banidos do quadro social do clube. "O clube ratifica que atitudes como essa são isoladas e não representam, em nada, o reconhecido padrão da gigante torcida do Furacão. Dentro da esfera administrativa, os participantes, após a identificação, serão banidos do quadro social, caso sejam membros, e também de qualquer ação e local vinculados ao Alvinegro", diz o comunicado.

Esta não é a primeira vez que torcedores usam a tragédia da Chapecoense como forma de provocação. Em 2018, torcedores do Nacional, do Uruguai, imitaram um avião durante jogo contra a equipe catarinense na Copa Libertadores.

Já em 2017, torcedores do Porto, de Portugal, provocaram o rival Benfica, durante jogo do Campeonato Português de handebol, com o canto: "Quem me dera se o avião da Chapecoense fosse do Benfica".

Na mesma época, a Chape foi provocada durante jogo contra o Criciúma, pelo Campeonato Catarinense. A torcida cantou: "ão, ão, ão, abastece o avião". 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade