Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

‘Se for preso novamente, vai mofar na cadeia’, diz juiz ao soltar homem preso duas vezes em 24h
Reprodução

Sábado, 6/4/2019 16:21.

Um juiz do interior de Santa Catarina determinou a soltura de um homem que teria sido preso, pela segunda vez em pouco mais de 24 horas, pelo mesmo motivo: dirigir embriagado.

Na noite de segunda (1º), o homem havia sido detido no município de Jacinto Machado (250 km de Florianópolis). No dia seguinte, pagou fiança de R$ 333,00 e foi solto.

Mas, no mesmo dia em que foi solto, por volta das 18h foi abordado novamente por uma equipe policial e, ao soprar o bafômetro, teve a embriaguez constatada.

Preso de novo, ele só foi solto na quinta (4). Mas a liberdade não veio sem uma advertência do juiz Manoel Donisete de Souza, da Comarca de Turvo (SC).

"Advirto, contudo, ao indiciado (...) que se for preso novamente, no que depender de mim, vai mofar na cadeia", afirmou o magistrado.

"Registro que em 28 anos de serviço na Magistratura e na Polícia Civil, nunca vi um sujeito conseguir ser preso duas vezes pelo mesmo crime, com diferença de 1 dia entre uma prisão e outra."

O juiz decidiu conceder a liberdade provisória ao indiciado mediante o pagamento de uma fiança, desta vez num valor mais alto: R$ 998,00.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Economia

A queda no rendimento habitual gera um efeito negativo, em cascata, na economia.


Economia


Geral

Yoga, mantras, danças, vivências, terapias, massagem, oficinas, feirinha, almoço natural...


Economia

Secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida


Publicidade


Esportes


Publicidade

Balada acabando? Festa boa? Vá de carona consciente, vá de Garupa!


Geral

 Evento objetiva fomentar o turismo através da observação de aves


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

‘Se for preso novamente, vai mofar na cadeia’, diz juiz ao soltar homem preso duas vezes em 24h

Reprodução

Publicidade

Sábado, 6/4/2019 16:21.

Um juiz do interior de Santa Catarina determinou a soltura de um homem que teria sido preso, pela segunda vez em pouco mais de 24 horas, pelo mesmo motivo: dirigir embriagado.

Na noite de segunda (1º), o homem havia sido detido no município de Jacinto Machado (250 km de Florianópolis). No dia seguinte, pagou fiança de R$ 333,00 e foi solto.

Mas, no mesmo dia em que foi solto, por volta das 18h foi abordado novamente por uma equipe policial e, ao soprar o bafômetro, teve a embriaguez constatada.

Preso de novo, ele só foi solto na quinta (4). Mas a liberdade não veio sem uma advertência do juiz Manoel Donisete de Souza, da Comarca de Turvo (SC).

"Advirto, contudo, ao indiciado (...) que se for preso novamente, no que depender de mim, vai mofar na cadeia", afirmou o magistrado.

"Registro que em 28 anos de serviço na Magistratura e na Polícia Civil, nunca vi um sujeito conseguir ser preso duas vezes pelo mesmo crime, com diferença de 1 dia entre uma prisão e outra."

O juiz decidiu conceder a liberdade provisória ao indiciado mediante o pagamento de uma fiança, desta vez num valor mais alto: R$ 998,00.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade