Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Morador de rua agrediu a namorada na Praça Tamandaré

Terça, 9/4/2019 9:41.

Um morador de rua de 29 anos, identificado como F.R., foi preso em flagrante na tarde de ontem (8) por agredir a namorada, na Praça Almirante Tamandaré.

Segundo a Guarda Municipal, a vítima, uma mulher de 25 anos, que também é moradora de rua, foi golpeada no rosto. Ela foi atendida pelo SAMU e encaminhada ao Hospital Municipal Ruth Cardoso. O agressor foi preso.

O motivo da briga não foi informado.

Casos do tipo vêm sendo comuns em Balneário Camboriú, além de feminicídios, a exemplo do que vitimou a advogada Lucimara Stasiak na última semana. Se você é ou foi vítima de violência doméstica ou conhece alguém que tenha sido, denuncie ao 180 (disque-denúncia) ou para a Polícia Militar, pelo 190.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Economia

A queda no rendimento habitual gera um efeito negativo, em cascata, na economia.


Economia


Geral

Yoga, mantras, danças, vivências, terapias, massagem, oficinas, feirinha, almoço natural...


Economia

Secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida


Publicidade


Esportes


Publicidade

Balada acabando? Festa boa? Vá de carona consciente, vá de Garupa!


Geral

 Evento objetiva fomentar o turismo através da observação de aves


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Morador de rua agrediu a namorada na Praça Tamandaré

Publicidade

Terça, 9/4/2019 9:41.

Um morador de rua de 29 anos, identificado como F.R., foi preso em flagrante na tarde de ontem (8) por agredir a namorada, na Praça Almirante Tamandaré.

Segundo a Guarda Municipal, a vítima, uma mulher de 25 anos, que também é moradora de rua, foi golpeada no rosto. Ela foi atendida pelo SAMU e encaminhada ao Hospital Municipal Ruth Cardoso. O agressor foi preso.

O motivo da briga não foi informado.

Casos do tipo vêm sendo comuns em Balneário Camboriú, além de feminicídios, a exemplo do que vitimou a advogada Lucimara Stasiak na última semana. Se você é ou foi vítima de violência doméstica ou conhece alguém que tenha sido, denuncie ao 180 (disque-denúncia) ou para a Polícia Militar, pelo 190.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade