Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Racismo grave e ameaças contra vida por comentário de internet

Terça, 10/12/2019 13:35.

Publicidade

O morador de Balneário Camboriú Ed Rocha Junior, 23, está sofrendo graves ameaças desde que denunciou que foi alvo de racismo via internet, devido a um comentário que fez em seu perfil público no Instagram.

Ed, como é conhecido, é influenciador digital e numa festa no fim de semana, chamou atenção para o fato de ser, junto com outras duas pessoas, os únicos negros de um evento social para 200 convidados. Estendeu o comentário, via instagram, às casas noturnas de Balneário, onde se vê pouquíssimos negros, não existe representatividade, e depois disso passou a receber diversas mensagens de perfis falsos xingando e dizendo que iam tirá-lo das ruas de Balneário Camboriú, para não sujar a rua de preto e todo tipo de ofensas, sempre com ênfase a sua cor.

Ele também recebeu uma denúncia feita em um grupo com mensagens depreciativas sobre ele, com uma série de comentários agressivos, alguns muito graves como "vamos apagar ele, "o cara vai subir", "vai sumir das ruas de BC". Também ameaçaram de prejudicá-lo no seu emprego - ele trabalha na Fundação Cultural da prefeitura- através de influências políticas.

Alguns dos agressores foram identificados e existem muitos vídeos e comentários gravados para serem usados como prova. Ed fez um boletim de ocorrência e as mulheres que trabalham com ele no instagram também estão sofrendo ameaças, inclusive de morte, além de todo tipo de ofensas e impropérios.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Racismo grave e ameaças contra vida por comentário de internet

Publicidade

Terça, 10/12/2019 13:35.

O morador de Balneário Camboriú Ed Rocha Junior, 23, está sofrendo graves ameaças desde que denunciou que foi alvo de racismo via internet, devido a um comentário que fez em seu perfil público no Instagram.

Ed, como é conhecido, é influenciador digital e numa festa no fim de semana, chamou atenção para o fato de ser, junto com outras duas pessoas, os únicos negros de um evento social para 200 convidados. Estendeu o comentário, via instagram, às casas noturnas de Balneário, onde se vê pouquíssimos negros, não existe representatividade, e depois disso passou a receber diversas mensagens de perfis falsos xingando e dizendo que iam tirá-lo das ruas de Balneário Camboriú, para não sujar a rua de preto e todo tipo de ofensas, sempre com ênfase a sua cor.

Ele também recebeu uma denúncia feita em um grupo com mensagens depreciativas sobre ele, com uma série de comentários agressivos, alguns muito graves como "vamos apagar ele, "o cara vai subir", "vai sumir das ruas de BC". Também ameaçaram de prejudicá-lo no seu emprego - ele trabalha na Fundação Cultural da prefeitura- através de influências políticas.

Alguns dos agressores foram identificados e existem muitos vídeos e comentários gravados para serem usados como prova. Ed fez um boletim de ocorrência e as mulheres que trabalham com ele no instagram também estão sofrendo ameaças, inclusive de morte, além de todo tipo de ofensas e impropérios.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade