Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Suposta guerra de facções motivou tentativa de homicídio em Balneário Camboriú

Quinta, 7/2/2019 7:55.

No dia 14 dezembro um homem caminhava na Rua Marineusa da Conceição Nascimento, nas proximidades do Music Park, no Bairro Nova Esperança, quando foi surpreendido por dois homens em uma moto e o carona o baleou.

Na manhã de quarta-feira (6), quase dois meses após o crime, a Polícia Civil conseguiu prender um dos envolvidos.

Guerra entre facções

Segundo informações da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil, foi possível descobrir que o carona da motocicleta, que tentou assassinar Oséias da Veiga Silva, seria M. E. P. Apesar de ter sido atingido, a vítima conseguiu correr e foi socorrido pelo pai, que o levou ao hospital.

Após averiguações e depoimentos da vítima e de testemunhas a DIC chegou ao suspeito. A motivação da tentativa de homicídio seria uma guerra entre facções criminosas que atuam na região.

O suspeito foi encontrado e preso na casa onde vivia, em Camboriú. Ao ser interrogado, já na delegacia, confessou a participação no crime.

Ele foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, que fica no Bairro da Canhanduba, em Itajaí. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

 Prefeitura começará a internar usuários de drogas


Mundo

Um dos principais destinos turísticos do mundo sofre com algas desde 2015


Geral

O cantor Armandinho organiza o festival, que tem entrada gratuita


Política

Derrota do governo é resposta de Maia à queda de Bebianno


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Suposta guerra de facções motivou tentativa de homicídio em Balneário Camboriú

Quinta, 7/2/2019 7:55.

No dia 14 dezembro um homem caminhava na Rua Marineusa da Conceição Nascimento, nas proximidades do Music Park, no Bairro Nova Esperança, quando foi surpreendido por dois homens em uma moto e o carona o baleou.

Na manhã de quarta-feira (6), quase dois meses após o crime, a Polícia Civil conseguiu prender um dos envolvidos.

Guerra entre facções

Segundo informações da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da Polícia Civil, foi possível descobrir que o carona da motocicleta, que tentou assassinar Oséias da Veiga Silva, seria M. E. P. Apesar de ter sido atingido, a vítima conseguiu correr e foi socorrido pelo pai, que o levou ao hospital.

Após averiguações e depoimentos da vítima e de testemunhas a DIC chegou ao suspeito. A motivação da tentativa de homicídio seria uma guerra entre facções criminosas que atuam na região.

O suspeito foi encontrado e preso na casa onde vivia, em Camboriú. Ao ser interrogado, já na delegacia, confessou a participação no crime.

Ele foi encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, que fica no Bairro da Canhanduba, em Itajaí. 

Publicidade

Publicidade