Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Giro Policial

Sexta, 1/3/2019 11:51.

Moradores de rua detidos por ato obsceno e drogas

Duas ocorrências envolvendo moradores de rua foram registradas entre quinta e sexta-feira (28 e 1º). Uma mulher foi presa por tirar a roupa na Praia Central e um jovem foi detido por posse de maconha. A GM também salvou um cadeirante que tentava o suicídio na praia. Confira

Bebeu e tirou a roupa

Uma mulher, P.R.R., de 44 anos, estava na faixa de areia da Praia Central perturbando o sossego, por volta das 4h desta sexta (1º). Ela foi abordada por guardas municipais e orientada a sair da praia. A mulher reagiu. Ficou nua, foi contida e vestida novamente, sendo conduzida à delegacia. A Guarda Municipal informou que a mulher estava bêbada e teria usado drogas.

Maconha

Ainda na quinta-feira (28), guardas municipais estavam abordando um morador de rua na Avenida Santa Catarina, quando outro homem, de 19 anos, viu os guardas e demonstrou nervosismo. Ele mudou o sentido de sua caminhada e então foi abordado. G.M.W. confessou estar com maconha, e foi encaminhado à delegacia.

Tentativa de suicídio

Um homem de 36 anos foi salvo pela Guarda Municipal, na noite de quinta-feira (28), na Avenida Atlântica. Ele é cadeirante e estava entrando com a cadeira de rodas no mar. A Guarda Municipal foi avisada por populares e quando chegaram no local indicado, viram o homem já com a cadeira de rodas parcialmente enterrada na areia. Ele confessou que estava tentando tirar a própria vida.

Integrantes do Programa Abraço à Vida, da secretaria de Inclusão Social, foram chamados e o homem irá receber acompanhamento psicológico e social.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Geral

 O encontro traz à cidade palestrantes renomados no país. 


Cidade

No Estaleiro e no Estaleirinho as bandeiras seguem hasteadas até a Páscoa


Política

Guru do bolsonarismo afirmou isso no sábado em evento nos Estados Unidos


Cidade

Ele estaria em licença de saúde, mas no filme não parece doente


Publicidade


Geral

Captura além da cota em 2018 é o argumento do governo para impedir a safra de 2019.  


Esportes

Um dos campeões é de Balneário Camboriú


Geral


Cidade

Não iniciou e diretor da segunda colocada na liciitação é acusado na Lava Jato


Publicidade


Justiça

A prisão após a condenação em segunda instância, será avaliada em abril pelo STF.


Política


Geral

Leitores lançam suspeitas sobre procedimento da Caixa


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Giro Policial

Sexta, 1/3/2019 11:51.

Moradores de rua detidos por ato obsceno e drogas

Duas ocorrências envolvendo moradores de rua foram registradas entre quinta e sexta-feira (28 e 1º). Uma mulher foi presa por tirar a roupa na Praia Central e um jovem foi detido por posse de maconha. A GM também salvou um cadeirante que tentava o suicídio na praia. Confira

Bebeu e tirou a roupa

Uma mulher, P.R.R., de 44 anos, estava na faixa de areia da Praia Central perturbando o sossego, por volta das 4h desta sexta (1º). Ela foi abordada por guardas municipais e orientada a sair da praia. A mulher reagiu. Ficou nua, foi contida e vestida novamente, sendo conduzida à delegacia. A Guarda Municipal informou que a mulher estava bêbada e teria usado drogas.

Maconha

Ainda na quinta-feira (28), guardas municipais estavam abordando um morador de rua na Avenida Santa Catarina, quando outro homem, de 19 anos, viu os guardas e demonstrou nervosismo. Ele mudou o sentido de sua caminhada e então foi abordado. G.M.W. confessou estar com maconha, e foi encaminhado à delegacia.

Tentativa de suicídio

Um homem de 36 anos foi salvo pela Guarda Municipal, na noite de quinta-feira (28), na Avenida Atlântica. Ele é cadeirante e estava entrando com a cadeira de rodas no mar. A Guarda Municipal foi avisada por populares e quando chegaram no local indicado, viram o homem já com a cadeira de rodas parcialmente enterrada na areia. Ele confessou que estava tentando tirar a própria vida.

Integrantes do Programa Abraço à Vida, da secretaria de Inclusão Social, foram chamados e o homem irá receber acompanhamento psicológico e social.

Publicidade

Publicidade