Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Polícia Civil prende homem suspeito de assassinar o padrasto em Camboriú

Terça, 15/10/2019 17:40.

Publicidade

A Polícia Civil prendeu, na tarde de ontem (14), E.S.N., suspeito de matar a facadas Mauro Antônio Fidêncio, 53 anos, dono de um bar que ficava no Bairro Monte Alegre. O crime aconteceu no dia 18 de agosto, por volta das 19h, motivado por desavenças familiares. A mãe do suspeito era companheira da vítima.

Segundo a Polícia Civil, após investigações, os policiais conseguiram encontrar o suspeito em Camboriú. E.S.N. é acusado de homicídio qualificado contro Mauro Antônio, seu padrasto.

O homem não ofereceu resistência na hora da prisão. E.S.N. teria esfaqueado o comerciante diversas vezes até ele acabar morrendo, na conveniência onde era dono, na Rua Monte Santana esquina com a Rua Monte Pilatos. Na ocasião, o suspeito fugiu a pé.

Essa prisão, segundo a Polícia Civil, é mais um resultado de investigações e informações obtidas pelo setor de investigação e capturas, que dá ênfase aos crimes cometidos com violência e grave ameaça a pessoa.

A equipe da delegacia da Polícia Civil de Camboriú deixa à disposição da população os telefones 181 ou (47) 3398-6390, ressaltando a importância da colaboração com informações e denúncias, garantindo o total anonimato.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Polícia Civil prende homem suspeito de assassinar o padrasto em Camboriú

Publicidade

Terça, 15/10/2019 17:40.

A Polícia Civil prendeu, na tarde de ontem (14), E.S.N., suspeito de matar a facadas Mauro Antônio Fidêncio, 53 anos, dono de um bar que ficava no Bairro Monte Alegre. O crime aconteceu no dia 18 de agosto, por volta das 19h, motivado por desavenças familiares. A mãe do suspeito era companheira da vítima.

Segundo a Polícia Civil, após investigações, os policiais conseguiram encontrar o suspeito em Camboriú. E.S.N. é acusado de homicídio qualificado contro Mauro Antônio, seu padrasto.

O homem não ofereceu resistência na hora da prisão. E.S.N. teria esfaqueado o comerciante diversas vezes até ele acabar morrendo, na conveniência onde era dono, na Rua Monte Santana esquina com a Rua Monte Pilatos. Na ocasião, o suspeito fugiu a pé.

Essa prisão, segundo a Polícia Civil, é mais um resultado de investigações e informações obtidas pelo setor de investigação e capturas, que dá ênfase aos crimes cometidos com violência e grave ameaça a pessoa.

A equipe da delegacia da Polícia Civil de Camboriú deixa à disposição da população os telefones 181 ou (47) 3398-6390, ressaltando a importância da colaboração com informações e denúncias, garantindo o total anonimato.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade