Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Polícia Civil conclui inquérito de homicídio ocorrido em Balneário Camboriú

Terça, 28/1/2020 9:43.

Publicidade

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, concluiu o inquérito policial que apurou a morte de Salviano Ferreira Paciência Neto, 35 anos, morto em outubro do ano passado, no Bairro dos Municípios.

Segundo informações da DIC, o corpo de Salviano foi encontrado com vários golpes de pedra no rosto, no dia 6 de outubro, em um terreno localizado na Avenida Santa Catarina, no Bairro dos Municípios.

Durante as investigações os policiais descobriram que os golpes que vitimaram Salviano foram feitos utilizando pedras.

Há dois envolvidos no crime, sendo que um deles foi morto no dia 27 de outubro e o outro preso no dia 20 de outubro, estando atualmente no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí respondendo por outro crime e agora responderá também pela morte de Salviano.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Polícia Civil conclui inquérito de homicídio ocorrido em Balneário Camboriú

Publicidade

Terça, 28/1/2020 9:43.

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Balneário Camboriú, concluiu o inquérito policial que apurou a morte de Salviano Ferreira Paciência Neto, 35 anos, morto em outubro do ano passado, no Bairro dos Municípios.

Segundo informações da DIC, o corpo de Salviano foi encontrado com vários golpes de pedra no rosto, no dia 6 de outubro, em um terreno localizado na Avenida Santa Catarina, no Bairro dos Municípios.

Durante as investigações os policiais descobriram que os golpes que vitimaram Salviano foram feitos utilizando pedras.

Há dois envolvidos no crime, sendo que um deles foi morto no dia 27 de outubro e o outro preso no dia 20 de outubro, estando atualmente no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí respondendo por outro crime e agora responderá também pela morte de Salviano.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade