Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Está foragido o suspeito de assassinar morador de Balneário Camboriú

Quinta, 26/11/2020 10:05.
Divulgação

Publicidade

Está foragido da justiça o principal suspeito de ter assassinado o morador de Balneário Camboriú, Emerson dos Santos, 29 anos, que ficou desaparecido por mais de uma semana e foi encontrado morto em uma vala, em Ilhota, na noite de segunda-feira (23).

Carlos Alberto dos Santos Monteiro teve a prisão temporária decretada na quarta-feira (25), mas a Polícia Civil não o localizou. Ele já possuía passagens pela polícia.

Segundo a polícia, Carlos Alberto dos Santos Monteiro devia para a vítima cerca de R$ 200 mil. Emerson emprestava dinheiro para Carlos e cobrava juros.

Foi o suspeito quem quem negociou um carro com a vítima e levou para uma garagem onde foi encontrado em 14 de novembro, um dia depois de Emerson ter sido visto pela última vez, nas proximidades do Aeroporto de Navegantes.

Na quarta-feira (25), policiais foram à casa do suspeito que tinha indícios que pessoas haviam deixado o local recentemente.

O suspeito já havia sidoouvido pelos policiais, quando confirmou que se encontrou com Emerson no dia do seu desaparecimento, que o negócio deles (a troca de uma BMW X1 por uma X5) não teria dado certo e que o morador de Balneário teria saído com uma terceira pessoa.

Isso não foi confirmado, transformando Carlos no principal suspeito.

Se você viu Carlos ou possui alguma informação sobre o paradeiro dele, ligue para a Polícia Civil via 181 ou para a Polícia Militar – 190.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3
Divulgação

Está foragido o suspeito de assassinar morador de Balneário Camboriú

Quinta, 26/11/2020 10:05.

Está foragido da justiça o principal suspeito de ter assassinado o morador de Balneário Camboriú, Emerson dos Santos, 29 anos, que ficou desaparecido por mais de uma semana e foi encontrado morto em uma vala, em Ilhota, na noite de segunda-feira (23).

Carlos Alberto dos Santos Monteiro teve a prisão temporária decretada na quarta-feira (25), mas a Polícia Civil não o localizou. Ele já possuía passagens pela polícia.

Segundo a polícia, Carlos Alberto dos Santos Monteiro devia para a vítima cerca de R$ 200 mil. Emerson emprestava dinheiro para Carlos e cobrava juros.

Foi o suspeito quem quem negociou um carro com a vítima e levou para uma garagem onde foi encontrado em 14 de novembro, um dia depois de Emerson ter sido visto pela última vez, nas proximidades do Aeroporto de Navegantes.

Na quarta-feira (25), policiais foram à casa do suspeito que tinha indícios que pessoas haviam deixado o local recentemente.

O suspeito já havia sidoouvido pelos policiais, quando confirmou que se encontrou com Emerson no dia do seu desaparecimento, que o negócio deles (a troca de uma BMW X1 por uma X5) não teria dado certo e que o morador de Balneário teria saído com uma terceira pessoa.

Isso não foi confirmado, transformando Carlos no principal suspeito.

Se você viu Carlos ou possui alguma informação sobre o paradeiro dele, ligue para a Polícia Civil via 181 ou para a Polícia Militar – 190.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade