Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Detento gaúcho estava ameaçando divulgar ‘nudes’ de homens da região de Balneário

Sexta, 2/10/2020 14:30.

Publicidade

Um detento gaúcho, que está preso em Charqueadas/RS, estava sendo investigado e é acusado de enganar e ameaçar homens moradores de Balneário Camboriú e Itajaí – pelo menos oito. Ele e a mulher, que está foragida, criavam perfis falsos e conseguiam fotos íntimas dos homens, e então ameaçavam vazá-las, se não recebessem dinheiro em troca.

Segundo a Polícia Civil, foi apurado que o casal criava perfis falsos em redes sociais, se passando por jovens mulheres e a partir disso adicionavam homens – na maioria das vezes de meia idade. Em troca de mensagens, o conteúdo se tornava erótico, e o casal conseguia fotos íntimas (nudes) das vítimas.

Com as fotos, os golpistas então se passavam pelo pai da suposta garota que estava conversando com os homens, e informavam que ela era menor de idade, exigindo dinheiro para não registrar a ocorrência ou até mesmo ‘arquivar’ a denúncia (o casal se passava também por policial). Se a vítima não depositasse a quantia exigida, eles ameaçavam expor as fotos e as conversas que mantinham.

Após investigações, a Polícia Civil descobriu que o casal mora no Rio Grande do Sul, e que o homem está preso. Eles enganaram pelo menos oito homens em Itajaí e Balneário.

O homem já recebeu o mandado de prisão, mas a mulher está foragida da Justiça. Com o presidiário, os policiais encontraram diversos celulares e certa quantidade de crack. Eles serão indiciados por extorsão.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade


Publicidade














Página 3

Detento gaúcho estava ameaçando divulgar ‘nudes’ de homens da região de Balneário

Publicidade

Sexta, 2/10/2020 14:30.

Um detento gaúcho, que está preso em Charqueadas/RS, estava sendo investigado e é acusado de enganar e ameaçar homens moradores de Balneário Camboriú e Itajaí – pelo menos oito. Ele e a mulher, que está foragida, criavam perfis falsos e conseguiam fotos íntimas dos homens, e então ameaçavam vazá-las, se não recebessem dinheiro em troca.

Segundo a Polícia Civil, foi apurado que o casal criava perfis falsos em redes sociais, se passando por jovens mulheres e a partir disso adicionavam homens – na maioria das vezes de meia idade. Em troca de mensagens, o conteúdo se tornava erótico, e o casal conseguia fotos íntimas (nudes) das vítimas.

Com as fotos, os golpistas então se passavam pelo pai da suposta garota que estava conversando com os homens, e informavam que ela era menor de idade, exigindo dinheiro para não registrar a ocorrência ou até mesmo ‘arquivar’ a denúncia (o casal se passava também por policial). Se a vítima não depositasse a quantia exigida, eles ameaçavam expor as fotos e as conversas que mantinham.

Após investigações, a Polícia Civil descobriu que o casal mora no Rio Grande do Sul, e que o homem está preso. Eles enganaram pelo menos oito homens em Itajaí e Balneário.

O homem já recebeu o mandado de prisão, mas a mulher está foragida da Justiça. Com o presidiário, os policiais encontraram diversos celulares e certa quantidade de crack. Eles serão indiciados por extorsão.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade