Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
PM de Balneário e Itajaí fazem operação conjunta para impedir aglomerações no final de semana

Sexta, 18/9/2020 18:17.
Divulgação PMSC

Publicidade

Os batalhões de Polícia Militar de Balneário Camboriú e Itajaí decidiram atuar juntos de hoje (18) até domingo (20), para evitar aglomerações, a exemplo da festa que aconteceu em uma via pública na Praia Brava, no último final de semana. 40 policiais atuarão por dia entre as duas cidades, através de blitzes e fiscalizações.

Momento ‘tranquilo’

O Comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário Camboriú, Tenente-Coronel Daniel Nunes da Silva, relatou ao Página 3 que a cidade está vivendo uma fase ‘tranquila’, sem registros de homicídios há quase dois meses – houve morte de um suspeito em confronto com a PM nesta semana, mas não é considerado homicídio.

“Sabemos que é momentânea essa situação de paz, mas por agora está tranquilo. Não tivemos nem ocorrências para serem encaminhadas à imprensa nesta sexta (18)”, explica.

Festa na Brava repercutiu

Porém, na vizinha Itajaí a situação está um pouco diferente. No último final de semana, houve uma festa em plena via pública, na Praia Brava. Os registros da noite de domingo (13) surpreenderam, com centenas de jovens sem máscara, em uma espécie de ‘baile funk’ – combinado por Facebook, com outro agendado para este sábado (19).

Por isso, a PM de Balneário resolveu apoiar a de Itajaí, através da Operação Ordo. Segundo o Comandante, a cada dia 40 PMs estarão atuando nas duas cidades (fora os policiais no trabalho rotineiro – 40 somente dedicados na operação, além de outros realizando ações nos bairros e cobrindo o restante da cidade).

“Serão dois focos: as barreiras policiais, verificando quem está chegando e saindo dos municípios, com ações principalmente na Avenida Atlântica e na Praia Brava, e também com viaturas passando pelos estabelecimentos (bares, restaurantes e conveniências) verificando possíveis aglomerações, que seguem proibidas porque a pandemia ainda não acabou”, destaca.

Baladas e aglomerações proibidas

O Comandante analisa que nesse momento de reabertura e até mesmo ampliação dos horários de bares e restaurantes é preciso dobrar os cuidados, pois há pessoas que querem ‘expandir as suas emoções’, sem medir que ainda é preciso cuidado com o Covid-19.

“E aí acontecem aglomerações e quebra de ordem, a exemplo da Brava. Seguem proibidas festas, baladas, por isso seguiremos na fiscalização. Aglomerações no geral estão proibidas. Estamos planejando ações junto da Guarda Municipal também, já pensando no feriado de 12 de outubro. A visão da PM e da GM é a de orientar a comunidade sobre os perigos que envolvem as aglomerações. Se não forem cumpridas as regras, podemos precisar confeccionar termos circunstanciados e os fiscais da prefeitura também podem multar (a multa é de R$ 5 mil para o proprietário da casa/apartamento onde acontece a festa ilegal e para o organizador do ‘evento’)”, completa.

Bares e restaurantes com novo horário

Os horários de funcionamento de bares e restaurantes de Balneário Camboriú foram ampliados, através do decreto 10.086, publicado na quarta-feira (16). Porém, seguem proibidas aglomerações.

Todos os estabelecimentos poderão funcionar diariamente, mas com diferença para cada segmento: bares e similares poderão receber clientes até às 22h, com tolerância até às 23h para encerramento das atividades. Os restaurantes, padarias, lanchonetes e similares podem receber ao público até à 0h, com as atividades encerrando à 1h. Delivery e drive-thru não possuem restrição de horário. As limitações de ocupação seguem em 40% do total de cada estabelecimento, com distanciamento entre as mesas e obrigação do uso de máscaras pelos clientes e funcionários.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação PMSC

PM de Balneário e Itajaí fazem operação conjunta para impedir aglomerações no final de semana

Publicidade

Sexta, 18/9/2020 18:17.

Os batalhões de Polícia Militar de Balneário Camboriú e Itajaí decidiram atuar juntos de hoje (18) até domingo (20), para evitar aglomerações, a exemplo da festa que aconteceu em uma via pública na Praia Brava, no último final de semana. 40 policiais atuarão por dia entre as duas cidades, através de blitzes e fiscalizações.

Momento ‘tranquilo’

O Comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário Camboriú, Tenente-Coronel Daniel Nunes da Silva, relatou ao Página 3 que a cidade está vivendo uma fase ‘tranquila’, sem registros de homicídios há quase dois meses – houve morte de um suspeito em confronto com a PM nesta semana, mas não é considerado homicídio.

“Sabemos que é momentânea essa situação de paz, mas por agora está tranquilo. Não tivemos nem ocorrências para serem encaminhadas à imprensa nesta sexta (18)”, explica.

Festa na Brava repercutiu

Porém, na vizinha Itajaí a situação está um pouco diferente. No último final de semana, houve uma festa em plena via pública, na Praia Brava. Os registros da noite de domingo (13) surpreenderam, com centenas de jovens sem máscara, em uma espécie de ‘baile funk’ – combinado por Facebook, com outro agendado para este sábado (19).

Por isso, a PM de Balneário resolveu apoiar a de Itajaí, através da Operação Ordo. Segundo o Comandante, a cada dia 40 PMs estarão atuando nas duas cidades (fora os policiais no trabalho rotineiro – 40 somente dedicados na operação, além de outros realizando ações nos bairros e cobrindo o restante da cidade).

“Serão dois focos: as barreiras policiais, verificando quem está chegando e saindo dos municípios, com ações principalmente na Avenida Atlântica e na Praia Brava, e também com viaturas passando pelos estabelecimentos (bares, restaurantes e conveniências) verificando possíveis aglomerações, que seguem proibidas porque a pandemia ainda não acabou”, destaca.

Baladas e aglomerações proibidas

O Comandante analisa que nesse momento de reabertura e até mesmo ampliação dos horários de bares e restaurantes é preciso dobrar os cuidados, pois há pessoas que querem ‘expandir as suas emoções’, sem medir que ainda é preciso cuidado com o Covid-19.

“E aí acontecem aglomerações e quebra de ordem, a exemplo da Brava. Seguem proibidas festas, baladas, por isso seguiremos na fiscalização. Aglomerações no geral estão proibidas. Estamos planejando ações junto da Guarda Municipal também, já pensando no feriado de 12 de outubro. A visão da PM e da GM é a de orientar a comunidade sobre os perigos que envolvem as aglomerações. Se não forem cumpridas as regras, podemos precisar confeccionar termos circunstanciados e os fiscais da prefeitura também podem multar (a multa é de R$ 5 mil para o proprietário da casa/apartamento onde acontece a festa ilegal e para o organizador do ‘evento’)”, completa.

Bares e restaurantes com novo horário

Os horários de funcionamento de bares e restaurantes de Balneário Camboriú foram ampliados, através do decreto 10.086, publicado na quarta-feira (16). Porém, seguem proibidas aglomerações.

Todos os estabelecimentos poderão funcionar diariamente, mas com diferença para cada segmento: bares e similares poderão receber clientes até às 22h, com tolerância até às 23h para encerramento das atividades. Os restaurantes, padarias, lanchonetes e similares podem receber ao público até à 0h, com as atividades encerrando à 1h. Delivery e drive-thru não possuem restrição de horário. As limitações de ocupação seguem em 40% do total de cada estabelecimento, com distanciamento entre as mesas e obrigação do uso de máscaras pelos clientes e funcionários.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade