Jornal Página 3
PÁGINA 3 / Polícia
Mãe e bebê, moradores de Itapema, estão desaparecidos há seis dias

Terça, 22/9/2020 9:23.
Divulgação

Publicidade

A Polícia Civil de Itapema está investigando o desaparecimento de Josiéli Lopes, 36 anos, e do filho dela, que tem apenas um mês. Eles eram moradores da Rua 406, no Bairro Morretes, e a última vez que a mulher entrou em contato com a família foi na quarta-feira (16).

Segundo informações, Josiéli e o bebê moravam com o pai do recém-nascido, mas o casal teria uma relação conflituosa. Para a irmã, Clarice Aparecida Alonso de Freitas, que mora no Paraná, a mulher teria dito que queria se separar do marido.

A última vez que ela entrou em contato com a irmã e com o filho mais velho, que mora em Palhoça com o pai e tem 17 anos, foi na quarta-feira (16). Para a irmã Clarice ela informou que teria vendido o carro que possuía junto do companheiro e para o filho que iria se mudar para o Rio Grande do Sul. Após isso, Josiéli bloqueou os familiares no WhatsApp e demais redes sociais – supostamente incluindo o marido, que também procura pela esposa e pelo filho. O celular dela está desligado.

Se você viu Josiéli ou sabe onde ela está, ligue para 190 (Polícia Militar), 181 (Polícia Civil) ou para a irmã dela, Clarice, (44) 99924-6689.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade













Página 3
Divulgação

Mãe e bebê, moradores de Itapema, estão desaparecidos há seis dias

Publicidade

Terça, 22/9/2020 9:23.

A Polícia Civil de Itapema está investigando o desaparecimento de Josiéli Lopes, 36 anos, e do filho dela, que tem apenas um mês. Eles eram moradores da Rua 406, no Bairro Morretes, e a última vez que a mulher entrou em contato com a família foi na quarta-feira (16).

Segundo informações, Josiéli e o bebê moravam com o pai do recém-nascido, mas o casal teria uma relação conflituosa. Para a irmã, Clarice Aparecida Alonso de Freitas, que mora no Paraná, a mulher teria dito que queria se separar do marido.

A última vez que ela entrou em contato com a irmã e com o filho mais velho, que mora em Palhoça com o pai e tem 17 anos, foi na quarta-feira (16). Para a irmã Clarice ela informou que teria vendido o carro que possuía junto do companheiro e para o filho que iria se mudar para o Rio Grande do Sul. Após isso, Josiéli bloqueou os familiares no WhatsApp e demais redes sociais – supostamente incluindo o marido, que também procura pela esposa e pelo filho. O celular dela está desligado.

Se você viu Josiéli ou sabe onde ela está, ligue para 190 (Polícia Militar), 181 (Polícia Civil) ou para a irmã dela, Clarice, (44) 99924-6689.


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade