- Publicidade -
- Publicidade -
20 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Assassino confesso de Chico Mendes já foi destituído de cargo de liderança no PL

(UOL/FOLHAPRESS) – O presidente do PL, Valdemar Costa Neto, confirmou que o assassino confesso do líder ambientalista Chico Mendes foi destituído de um cargo de liderança da sigla no Pará.

Darci Alves Pereira deixou a presidência do PL em Medicilândia (PA) na manhã desta quarta-feira (28). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do partido. Valdemar também afirmou, em publicação na rede social X (antigo Twitter), que o pedido de desfiliação foi encaminhado ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Pará.

Presidente da sigla alegou não saber sobre a filiação do condenado pelo assassinato. A ascensão de Darci Pereira ao cargo de liderança foi divulgada em reportagem do portal (O)Eco.

- Publicidade -

Darci era conhecido como “Pastor Daniel” e dizia ser pré-candidato a vereador em Medicilândia. Questionado pelo UOL, Darci Alves Pereira disse: “se nós temos um presidente, não preciso eu falar”.

O ambientalista e ativista Chico Mendes foi morto em 22 de dezembro de 1988, em Xapuri (AC).

Ele foi alvejado por um tiro de espingarda no peito quando saía para tomar banho. A investigação levou às prisões de Darci Alves, que confessou ter cometido o crime. Ele matou o ativista a mando do pai, o fazendeiro Darly Alves da Silva.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -