- Publicidade -
13.3 C
Balneário Camboriú

Bolsonaro: no nosso governo, não queremos saber de campanhas de desarmamento

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que pretende propor projeto para estender o prazo de recadastramento de armas não regularizadas no Brasil. Segundo ele, “todas as ditaduras são precedidas por campanhas de desarmamento”. “Nosso governo não quer saber de campanha de desarmamento”, completou

O deputado Vitor Hugo (PSL-GO), presente na transmissão ao lado do presidente, defendeu proposta de flexibilização do porte de armas que eliminaria a necessidade de comprovar “efetiva necessidade” de se ter armas.

- Publicidade -

Bolsonaro ainda criticou membros do poder Judiciário, que se opõe à flexibilização das regras para porte e posse de arma. “Não abrem mão de segurança particular”, afirmou. Em seguida, criticou a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber, apontada pelo presidente como contrária à medida. “Não sei se ela tem segurança. Deve ter policial federal com ela. Deveria não ter, para dar exemplo”, afirmou.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -