- Publicidade -
19.8 C
Balneário Camboriú

Homem é preso após descumprir medida protetiva

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Um homem de 45 anos foi preso, na madrugada desta sexta-feira (12), após ir na casa da ex-mulher que possuía medida protetiva contra ele em Balneário Camboriú.

Ainda na madrugada de terça-feira (9) outro homem foi preso pelo mesmo motivo – ele ameaçou diretamente a vítima. Em outra ocasião, em 2020, foi preso após atirar contra a casa dela.

- Publicidade -

Segundo a Guarda Municipal, o caso aconteceu no Bairro São Judas Tadeu. A vítima informou que seu filho tinha lhe avisado que seu ex-marido estava esperando por ela em casa. A mulher já tinha medida protetiva.

Medida protetiva

A medida protetiva é um documento que a Lei Maria da Penha oferece como proteção à mulher, em caráter emergencial e com o objetivo de evitar que ela sofra outras violências. Normalmente, a medida obriga o agressor a se manter distante da vítima.

Os guardas foram até o local, mas o suspeito havia saído da casa há poucos minutos. Os GMs fizeram rondas e logo conseguiram encontrar o homem, que ainda estava pelo bairro. Ele foi preso e encaminhado à delegacia.


Polícia Civil

- Publicidade -

A Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180 é um serviço ofertado pela Polícia Civil, válido em todo o território nacional, com o objetivo de receber denúncias ou relatos de violência, além de orientar as mulheres sobre seus direitos, encaminhando-as para a Rede de Apoio local

Grupo de Proteção às Mulheres


Se você é ou foi vítima de violência doméstica ou sabe de alguma mulher que precisa de ajuda, ligue para o 153 ou diretamente pelo Grupo de Proteção à Mulher da Guarda Municipal de Balneário Camboriú (47) 9982-2275, onde as guardas do GPM se deslocam imediatamente e prestam o apoio que for necessário à vítima. O GPM atende apenas moradoras de Balneário Camboriú, por ser um departamento da Guarda Municipal da cidade.

Programa Abraço à Mulher


O Abraço à Mulher tem como principal objetivo proteger e amparar as mulheres vítimas de violência doméstica que moram em Balneário Camboriú. O programa municipal funciona 24 horas, inclusive aos finais de semana e feriados via WhatsApp ou ligação telefônica pelo número (47) 9 99821906.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,752FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,493SeguidoresSeguir
12,000InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -